Notícias

6/recent/ticker-posts

Homem que ab3s@v@ da filha e enteada em Garanhuns foi condenado a 45 anos de prisão

 

O Juízo da 2ª Vara Criminal de Garanhuns condenou a mais de 45 anos de prisão o eletricista Joseílton Josué da Silva Ramos pelos crime de est0pro e est@pro de vulnerável cometido contra sua própria filha e contra uma enteada, atos estes ocorridos em Garanhuns.

De acordo com o processo, os ab0sos sexuais do homem contra as duas vítimas duraram quase 10 anos, se estendendo dos 8 aos 13 anos, com a filha mais nova, e dos 13 aos 21 com a enteada.

Também conforme o processo, os crimes vieram à tona após o sentenciado agredir a mãe das vítimas em outubro de 2022.  Foi quando as partes foram prestar depoimento na delegacia e os atos libidinosos e violência física e psicológica foram revelados, através da enteada do réu. Desde então ele encontra-se recolhido ao sistema prisional do estado.

Segundo a investigação, as violações duraram anos e o homem espancava as duas vítimas como forma de manter abusos em segredo. O eletricista alternava os atos libidinosos entre as duas vítimas passando as mãos nas partes íntimas de ambas, abraçando em locais específicos como banho, escada, quarto chegando a ejacular nas coxas de uma delas.

“Conforme comprovado, o réu, aproveitando-se da condição de padrasto e pai, durante o período de 8 anos, valendo-se da ingenuidade das vítimas, sempre permeado por atos de violência física e psicológica, praticou incalculável número de variados atos libidinosos contra as duas,” diz parte da sentença assinada pelo juiz Diógenes Lemos Calheiros.

Os crimes sempre ocorriam quando a mãe das meninas  não estava em casa. Uma delas chegou a relatar, não no processo, mas à família que o pai, que era auxiliar em uma igreja evangélica e antes de ser preso se preparava para ser diácono, a espancou várias vezes utilizando a própria bíblia.

 O homem vai cumprir a pena em regime fechado devendo ser transferido do presídio de Garanhuns para o de Pesqueira.

(Com informações do V&C Garanhuns)

Agreste VI0I3NT0

 

Postar um comentário

0 Comentários