OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Centro de Artesanato Tareco e Mariola é reaberto pela Fundação Bitury

O espaço expõe peças utilitárias e decorativas de cerca de 40 artesãos para comercialização

Idealizado e fundado por Conceição Moura, em 2006, para expor e comercializar produtos artesanais, o Centro de Artesanato Tareco e Mariola, localizado às margens da BR-232, em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, foi reaberto pela Fundação Bitury, após dois anos sem funcionamento, devido à pandemia da Covid-19.

No último mês de abril, a Fundação Bitury assumiu o gerenciamento do Centro de Artesanato pelos próximos 10 anos, após participar de um chamamento público realizado pela Prefeitura de Belo Jardim. O Instituto Conceição Moura (ICM), que antes gerenciava o espaço, permanece como parceiro da iniciativa, e foi fundamental para consolidação do Centro de Artesanato, garantindo apoio aos artesãos na gestão dos negócios, design, aprimoramento e comercialização dos produtos.

A Fundação Bitury revitalizou a estrutura física do Centro de Artesanato, com a limpeza do local, serviços de capinação, roço, poda, pintura e retelhamento; e reestruturou peças decorativas e mobiliários, para receber turistas e visitantes, com horário de atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às12h e das 13h30 às 17h.

O espaço abriga peças utilitárias e decorativas de cerca de 40 artesãos. Com exceção do barro, da madeira, do tecido e das pinturas em tela, a maioria das peças são produzidas através de materiais recicláveis, como: palha de milho, pneus, papelão, couro de bode, CDs, garrafas pet e casca de ovos, entre outros. Além das peças de artesanato, no local, também estão à venda as cachaças locais: Tabocas e Bitury. Quem deseja comprar os produtos, pode realizar o pagamento em espécie, via PIX ou no cartão de crédito/débito.

“Estamos realizando uma busca ativa dos artesãos da sede e da zona rural do município, para ampliar o número de peças expostas no Centro e resgatar a identidade desse importante equipamento cultural e turístico de Pernambuco”, registrou Rosimere Guimarães, diretora da Fundação Bitury.

O ex-ministro da Educação, Mendonça Filho, padrinho da Fundação Bitury, e Governador de Pernambuco, à época da inauguração do Centro de Artesanato Tareco e Mariola, comemorou a reabertura do espaço, que é vitrine para o trabalho dos artesãos belo-jardinenses.

“O Tareco e Mariola fez com que o artesanato de Belo Jardim fosse incentivado. O Centro tem peças de três grandes mestras do barro, Cida, Neguinha e Luiza dos Tatus, que participam todos os anos da Fenearte, mostrando potencial cultural e econômico dessa atividade no sítio Rodrigues, na zona rural”, frisou Mendonça.

Há oito anos, a Fundação Bitury promove trabalhos sociais, como a realização de cursos profissionalizantes para jovens, exames médicos, entrega de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social no auge da pandemia, e eventos culturais, como o recente Arte em Serra do Vento.

Postar um comentário

0 Comentários