OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Valor do gás de cozinha chega a R$ 115 reais em Belo Jardim

O aumento do gás de cozinha, anunciado na última semana pela Petrobras, tem prejudicado consumidores e reduzido lucros dos revendedores em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco.

O preço médio de venda do GLP da Petrobras, para as distribuidoras foi reajustado em 16,1%, isso significa dizer, que o revendedor paga o equivalente a R$ 58,21 por 13kg.

Antes do aumento, a RNF Gás vendia o botijão de gás por R$ 100. Com a disparada dos valores, o botijão aumentou R$ 10 e passou a custar R$ 115.

“Infelizmente temos que repassar esse aumento para os nossos clientes, se não a gente vai à falência. Foi um aumento muito abusivo. Temos enfrentado dificuldades para manter o negócio, com o pagamento dos funcionários, abastecimento de veículos para entrega, entre outras situações”, lamentou Wildson Tavares, gerente da RNF Gás.

De acordo com o gerente, antes do aumento, os clientes fizeram uma verdadeira corrida para comprar o botijão de gás sem reajuste.

“Por dia a gente vende cerca de 45 botijões de gás. Na sexta-feira, antes do aumento, vendemos o dobro de botijões. Os clientes que tinham um botijão reserva, preferiram comprar antes do reajuste”, disse a reportagem.

Nas distribuidoras Ultragaz e Brasil Gás, a reportagem apurou na manhã dessa terça-feira (15), que antes do aumento, o botijão de gás custava R$ 105. Após o reajuste, o botijão passou a custar R$ 115.

Parcelamento em até 12X

Para tentar manter as vendas, a Brasil Gás recorreu a venda do botijão de gás no cartão de crédito. O cliente tem a opção de dividir o valor em até 12x, no entanto, terá que arcar com os juros da maquineta, segundo o gerente Diego Henrique.

“Vendíamos no crediário, mas infelizmente, estava virando uma bola de neve, os preços aumentando e os clientes em inadimplência. Então, recorremos a oferecer essa condição de parcelamento”, disse o gerente.

Diego também revelou a reportagem, que após um novo aumento que está previsto para o próximo domingo (20), o botijão de gás pode passar a custar em média R$150. (BJ1)

Postar um comentário

0 Comentários