OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Secretaria de Educação e Tecnologia esclarece sobre erro no pagamento de fevereiro de professores do Programa de Educação Integral – Florescer

A Secretaria de Educação e Tecnologia da Prefeitura de Belo Jardim vem a público esclarecer sobre um vídeo que passou a circular nas redes sociais desde ontem (25 de fevereiro), no qual um grupo de professores foi à sede da pasta se informar e cobrar o pagamento de 50 horas adicionais do Programa de Educação Integral – Florescer (Educação Integral), referentes ao mês de fevereiro.

Inicialmente, a secretaria esclarece que os professores efetivos foram escolhidos através de processo seletivo para o Programa de Educação Integral - Florescer, realizado em dezembro de 2021, dentro da normatização legal. O referido programa garante aos profissionais, além das 150 horas de carga horária pré-estabelecidas, um acréscimo de mais 50 horas, complementando, assim, 200 horas devidas da carga horária no modelo de educação integral. Com isso, o contrato estabelece o pagamento de 200 horas mais uma gratificação de 20%. O mês de fevereiro foi o início do programa e, no término deste período no qual deveria ter tido os acréscimos, devido a um erro do sistema da folha de pagamento, fato que pode atingir qualquer ferramenta informatizada, os mesmos não receberam o acréscimo, mas que, após as intervenções cabíveis, é perfeitamente ajustável.

Imediatamente após a confirmação deste erro, a secretaria justificou o ocorrido e informou a todos os profissionais educadores que a questão será normalizada no mês de março. Assim, a pasta garante que, além do salário, os professores receberão as 50 h e os 20% assim como o retroativo de fevereiro, sem nenhum prejuízo financeiro. O erro, inclusive, já foi reparado, mas o próprio sistema informatizado da folha de pagamento não permitiu, devido a normas de segurança, que o problema fosse solucionado ainda ontem. 

No entanto, nada justifica o comportamento inadequado de alguns dos professores quanto aos questionamentos, tendo em vista que a equipe da secretaria, incluindo a titular da pasta, recebeu a todos de forma amistosa. Ao contrário da conduta desrespeitosa de parte do grupo, a postura dos servidores da secretaria foi de educação, paciência e prudência junto aos demais servidores e ao responsável pelo setor de Recursos Humanos, ouvindo a todos para entender o problema e solucioná-lo, como foi feito.

Por fim, a Secretaria de Educação e Tecnologia repudia qualquer tipo de comportamento agressivo em falas, bem como a exposição desnecessária e injusta da questão em aplicativos de mensagens e demais meios digitais, uma vez que o problema foi esclarecido e solucionado. A secretaria reforça, também, que permanecerá incansável e focada em manter o compromisso da gestão de promover com seriedade uma educação de qualidade e excelência a todos os estudantes da rede municipal de ensino de Belo Jardim.


Postar um comentário

0 Comentários