OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Barragem de Tabocas sangra, Pedro Moura Júnior tem leve aumento no nível e Bitury não registra acúmulo após chuvas em Belo Jardim

 

Apesar das chuvas no último fim de semana, os mananciais de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco não registraram grandes acúmulos de água, com exceção da barragem de Tabocas que chegou a sangrar.

A barragem Severino Guerra (Bitury) não teve alteração em seu nivel de água.

Já Tabocas Piaca (Serra dos Ventos), começou a sangrar nesta segunda-feira (30 de Janeiro), chegando ao total de sua capacidade.

A barragem Pedro Moura Júnior (Ipojuca), “teve uma variação positiva, porém muito pequena”, segundo a Gerência Regional da Unidade de Negócios Regional Ipojuca da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), sem oferecer maiores detalhes do percentual acumulado nos últimos dias.

De acordo com uma tabela de medição enviada a reportagem do portal BJ1 Notícias na manhã dessa segunda-feira (31 de Janeiro), a barragem Pedro Moura Júnior está atualmente com 84% da sua capacidade total, que corresponde a 35 milhões de metros cúbicos.

Dados do dia 28 de janeiro apontavam que a barragem de Tabocas estava com 98.64% da sua capacidade total, que é de 1,2 milhões de metros cúbicos, com a chuvas deste final de semana ela verteu.

Enquanto a barragem do Bitury, principal reservatório do município, conta apenas com 10,91% da sua capacidade, que é de 17,7 milhões de metros cúbicos. Destacamos que os dados da barragem do Bitury, foram registrados nessa segunda-feira (31 de Janeiro).

Neste mês de janeiro população de Belo Jardim tem enfrentado transtornos com o calendário de abastecimento da Compesa no município, devido a estouramentos e manutenções na rede. Para evitar o desabastecimento, é muito importante que a população economize água, com ações simples, como, por exemplo, tomar banhos mais curtos, fechar o chuveiro sempre que possível, manter as torneiras sempre bem fechadas, ter cuidado com os vazamentos, lavar a roupa com menos frequência e mais cuidado, utilizar água não aproveitável na descarga e evitar lavar calçadas e automóveis.

BJ1

Postar um comentário

0 Comentários