OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Belo Jardim, PE, amplia Vacinação Infantil

A partir desta quarta-feira (19), a Secretaria de Saúde de Belo Jardim, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), irá ampliar a vacinação infantil na cidade. Agora as crianças de cinco a 11 anos com comorbidades e as crianças com idade de 11 anos completos e sem comorbidades poderão ser imunizadas contra a Covid-19.

Belo Jardim segue a pactuação da Secretaria Estadual de Saúde com os gestores dos municípios pernambucanos.

Para se vacinar será necessário estar acompanhado pelos pais ou responsáveis legais e apresentar os seguintes documentos: RG ou registro de nascimento; CPF ou Cartão SUS; comprovante de residência em nome dos pais e laudo médico.

A vacinação pediátrica será aplicada em um intervalo de oito semanas, entre a 1ª (D1) e a 2ª dose (D2). O imunizante será o da Pfizer, em dose de 0,2ml.

O Centro de Vacinação Covid fica localizado na rua Tito de Barros Correio (quadra do Colégio Donino) e funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h; e aos sábados, das 8h às 13h.

Comorbidades

De acordo com a nota técnica do Ministério da Saúde são consideradas comorbidades: Asma em uso de corticóide inalatório ou sistêmico (moderada ou grave); DPOC;

bronquioectasia; fibrose cística; doenças intersticiais do pulmão; displasia broncopulmonar; hipertensão arterial pulmonar; crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade; doença cardíaca crônica; doença cardíaca congênita; hipertensão arterial sistêmica com comorbidade; doença cardíaca isquêmica;



insuficiência cardíaca; doença renal crônica; doença renal nos estágios 3, 4 e 5; síndrome nefrótica; paciente em diálise; atresia biliar; hepatites crônicas; cirrose e doença neurológica crônica (condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica). Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes, incluindo AVC, indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; deficiência neurológica grave; diabetes; diabetes mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos; imunossupressão; imunodeficiência congênita ou adquirida; imunossupressão por doenças ou medicamentos; obesos (obesidade grau III); transplantados de órgãos sólidos e medula óssea; autismo, deficientes, portadores de trissomias (síndrome de down; síndrome de klinefelter, síndrome de wakany, dentre outras).

Postar um comentário

0 Comentários