OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Agência do Ministério das Relações Exteriores aprova cooperação técnica com a OEI para melhorar a qualidade da educação em Belo Jardim

 

Agência do Ministério das Relações Exteriores aprova cooperação técnica com a OEI para melhorar a qualidade da educação em Belo Jardim. A Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores aprovou o projeto de cooperação técnica entre a Prefeitura de Belo Jardim e a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI), visando o fortalecimento e a inovação da gestão educacional no município para promover a qualidade na educação e melhorar a infraestrutura da rede escolar. “A melhoria dos índices educacionais de Belo Jardim é o foco da nossa gestão. Os indicadores do déficit de aprendizagem das nossas crianças são inaceitáveis. Estamos trabalhando duro e buscando parceiros nacionais e até internacionais para mudar esse quadro e oferecer o melhor para nossas crianças”, afirmou o prefeito Gilvandro Estrela.

A Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Belo Jardim e a OEI é uma iniciativa da Secretaria de Educação de Belo Jardim com foco na modernização da sua capacidade institucional, de formulação e na execução de políticas, programas e projetos com a inovação dos mecanismos de gestão da rede municipal.  “O IDEB de Belo Jardim está abaixo da meta. O que significa que temos urgência na adoção de políticas públicas educacionais, que atuem de forma sistêmica para atacar esta problemática e garantir educação de qualidade”, afirmou a secretária Carmem Peixoto.

Carmem destaca que a gestão Gilvandro Estrela está trabalhando com outros parceiros como o Instituto Conceição Moura e Instituto de Qualidade de Ensino (IQE). Com o IQE já está implantando o programa de qualidade nas escolas municipais com o objetivo de elevar o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB) e da Prova Brasil, anos iniciais e finais melhorando a qualidade da educação. Com um programa arrojado de formação de professores, avaliação de aprendizagens, desempenho escolar para alunos da alfabetização ao 9º ano e suporte às escolas municipais, a Prefeitura de Belo Jardim quer alcançar, em três anos, a meta do IDEB.  

O IDEB mede a qualidade da educação dos estados e municípios do país. Em Belo Jardim, o índice está abaixo da meta, o que significa que a qualidade da aprendizagem do município é deficiente, comprometendo o futuro das crianças. A rede de educação municipal conta com 57 escolas e mais de 9.764 alunos matriculados. O prefeito Gilvandro Estrela assumiu há um ano encontrando a educação de Belo Jardim sucateada, com escolas abandonadas, obras paralisadas, sem acesso a recursos do Ministério da Educação por falta de prestação de contas, uso indevido do Fundef e o município ostentando os piores índices de avaliações de desempenho no ensino. 

Para correr contra o tempo, o prefeito tem articulado várias ações diretas para garantir liberação de recursos, retomada das obras e parcerias com instituições que têm expertise em educação como o Instituto Conceição Moura, com Taciana Moura, o IQE, com Marcos Magalhães, a OEI, entre outras.

Postar um comentário

0 Comentários