OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Controladoria Geral denuncia supostas irregularidades em mais de R$ 4 milhões no combate à Covid-19 em 2020, em Belo Jardim, PE

Por meio de nota, Hélio dos Terrenos, que era prefeito de Belo Jardim em 2020, informou que 'todas as despesas vinculadas ao combate a pandemia do novo coronavírus estão devidamente documentadas'.

A Controladoria Geral de Belo Jardim, no Agreste, denunciou ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) supostas irregularidades em mais de R$ 4 milhões no combate à Covid-19 em 2020. Ao G1, a 1ª Promotoria de Justiça de Belo Jardim informou que recebeu os documentos e o relatório da Controladoria. A denúncia foi registrada como "notícia de fato" e está sob análise.

Por meio de nota, Hélio dos Terrenos, que era prefeito de Belo Jardim em 2020, informou que "todas as despesas vinculadas ao combate a pandemia do novo coronavírus estão devidamente documentadas, e foram remetidas ao Tribunal de Contas do Estado para fins de apreciação e julgamento". Na nota, o ex-prefeito ressaltou que "as autoridades públicas (TCE, TCU e MPF) não constataram nenhuma irregularidade".

De acordo com a Controladoria Geral, foi feita uma auditoria referente aos R$ 9.646.664,33 recebidos pelo município do Governo Federal para o combate ao coronavírus em 2020. "Foram enviados ao MPPE mais de 1.900 documentos que comprovam irregularidades nas Secretarias de Saúde, Assistência Social e Cultura, além de recurso enviado pela Câmara de Vereadores para ser gasto com a mesma finalidade", conforme informou a Controladoria.

No total, segundo a Controladoria Geral, "R$ 4.404.480,93 apresentam indícios de mau uso do dinheiro ou de irregularidades, como desvio de finalidade". De acordo com Flávio Nunes, controlador de gestão pública, quase R$ 1,5 milhão "foi utilizado para pagamento de contas em atraso ou ainda de folha salarial de funcionários que não estavam no quadro de combate à Covid-19, conforme prevê a Lei".

G1

Postar um comentário

0 Comentários