OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Péssima infraestrutura das escolas municipais em 2020 e a solução em 2021

 

Nas vistorias realizadas neste primeiro trimestre pela secretaria de educação de Belo Jardim, foi encontrado na falta estrutural dos prédios algumas irregularidades, entre elas escolas sem água e sem luz, com mais de sete meses de débitos existentes. Em 2020, 32 escolas estavam sem energia e 58 sem água. Já em 2021, apenas duas unidades escolares estão sem água e sem energia, são elas as Escola Municipal Manoel Urbano e Escola Municipal Filomena Ferreira da Conceição.

A dificuldade apenas existe por uma questão de transição na transferência de titularidade de um dos prédios, já a outra unidade necessita de uma adaptação para que possa funcionar corretamente, o que já foi solicitado, e que estará sendo concluída nos próximos 30 dias.

Esses são apenas dois dos grandes problemas que comprovam o quadro de abandono escolar em Belo Jardim. São escolas com telhados comprometidos, paredes sem segurança, portas deterioradas, sem capinação, carteiras em péssimo estado, entre outras questões. Segundo o censo da educação, apenas 4% das escolas públicas brasileiras têm a infraestrutura ideal.

A Secretaria de Educação ainda afirmou que diante de como foi recebida a pasta, o retorno presencial das aulas fosse no início do ano letivo, cumprindo todos os protocolos de segurança, a equipe não poderia autorizar a volta.

“Com a péssima estrutura das unidades não teríamos condições de garantir a segurança da equipe nem dos estudantes e suas famílias. Apenas nove das 58 escolas que o município possui têm uma estrutura considerável para fazer essa retomada”, disse a secretária, Marta Medeiros.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. a escola no antigo matadouro continua sem janelas,sem portas nos banheiros e com bares em frente vendendo todo tipo de droga e nada fazem,sem contar que os alunos não tem material escolar ,uniforme,merenda de qualidade e professores

    ResponderExcluir