OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Tráfico de entorpecentes em Alagoinha, PE

Neste sábado 13 de março de 2021, por volta das 12h, o Grad. de Operações e a equipe do GATI da 8ª CIPM, realizavam rondas nas proximidades do Sítio Sete Baraúnas, espaço rural da cidade de Alagoinha, quando ouviram som semelhante a disparos de arma de fogo. 

Com apoio da GT da cidade, foram realizadas incursões na localidade quando foram informados por um popular que, apesar de não ter ouvido disparos naquele momento, apontou um local onde era costume pessoas se reunirem com intuito de comercializar e usar drogas e vez ou outra ouvia barulho de tiros.

O local indicado era de difícil acesso, só sendo possível a progressão a pé, o que foi feito com o efetivo dividido em dois caminhos distintos. Após alguns minutos de progressão, os militares visualizaram algumas pessoas sentadas em pedras sob a sombra de uma árvore, que com a surpresa da chegada do policiamento e determinadas ordens a fim de proceder a competente abordagem pessoal, um homem de idade não informadao se mostrou muito nervoso e de forma não cooperativa com o policiamento. Durante a busca pessoal, foi localizado um papelote de maconha e a quantia de R$ 10,00 no bolso do short do acusado e outra pequena quantidade no chão, próximo a ele. Que a partir desse momento, passou a demonstrar comportamento ainda mais afrontoso contra o efetivo policial, vindo a agredir com chutes um PM e tentando se evadir em seguida.

Diante da injusta agressão, foi necessário uso moderado da força a fim de imobilizar o imputado, momento em que perceberam uma mulher,  se evadindo em direção a um casebre próximo do local da abordagem. Aproveitando-se de os policiais ali presentes se encontrarem na tentativa de imobilizar o acusado, mesmo com as ordens emanadas do policiamento, a citada continuava desobedecendo e afastando-se do local em direção ao casebre. Porém, fora surpreendida pelos outros militares que vinham em sentido contrário, tendo ela se embrenhado na vegetação não sendo possível detê-la. 

Nas buscas realizadas no casebre, foram localizados um saco plástico contendo 80 papelotes de maconha pronta para consumo e a quantia de R$ 711,00 em espécie e outro saco contendo aproximadamente 504g da mesma erva. Indagado sobre a propriedade dos materiais encontrados, o imputado assumiu a propriedade e alegou comercializar a droga devido à falta de emprego e a necessidade de sustentar sua família.

Diante do exposto, os policiais militares conduziram as partes envolvidas e o material ilícito apreendido até à DP de plantão para adoção das medidas cabíveis, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante delito por tráfico de drogas em desfavor do imputado, que será apresentados em audiência de custódia.

Postar um comentário

0 Comentários