OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Belo Jardim tem aumento de 200% nos casos de Covid-19

 

A Secretaria de Saúde de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, recebeu uma análise da IV Gerência Regional de Saúde (Geres) sobre a situação da Covid-19 no município. Segundo o órgão estadual, a cidade segue a tendência nacional, com pessoas cada vez mais jovens sendo mais afetadas nas últimas semanas.

O município também apresenta número de casos confirmados SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) acima da média histórica nas últimas cinco semanas conforme mostra a linha média do gráfico (em anexo) sendo ultrapassada duas vezes desde a semana três, em janeiro de 2021. Os casos de SRAG estão concentrados, principalmente, na faixa etária dos 30 aos 59 anos. A análise da IV Geres mostra ainda que dos 80 anos ou mais não apresenta casos confirmados de SRAG há quatro semanas, o que já pode ser o reflexo da imunização contra à Covid-19 que começou no final de janeiro.

O estudo mostra ainda que o número de óbitos de Belo Jardim apresenta uma certa estabilidade o que pode mudar devido ao aumento no número de casos graves registrado e dos que ainda estão em análise. Até esta quarta-feira (25), Belo Jardim possuía 2.288 casos confirmados e 66 óbitos confirmados. Além disso, 4.125 doses foram aplicadas nas pessoas do grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19.

“Os dados assustam, pois representam um aumento de 200% de casos em nosso município. Estamos fazendo a nossa parte, como gestão e como profissionais de saúde, mas nada disso adiantará se a população também não fizer a parte dela. A Covid é uma doença que evolui muito rápido e de forma surpreendente. Ninguém pode precisar como ela vai reagir no organismo. Então, a melhor escolha sempre será não entrar para as estatísticas”, desabafou a secretária de Saúde de Belo Jardim, Aline Cordeiro.

Para melhorar este quadro é necessário um percentual de distanciamento de, no mínimo, 60%. E a cidade está com distanciamento de, aproximadamente, 49%. As recomendações permanecem para a população, como usar máscara, mesmo que já tenha sido vacinado, evitar aglomerações, evitar reuniões em casa, inclusive com os familiares que não moram no mesmo domicílio, só sair de casa em extrema necessidade, higienizar as mãos e os calçados, principalmente quando chegar em casa e trocar as roupas, antes de ter contatos com a família, principalmente idosos e crianças.

“Batemos sempre na mesma tecla, a pandemia não acabou. É preciso se cuidar e cuidar das pessoas que você ama. Inclusive, quem já teve Covid também deve se prevenir, pois pode se reinfectar, inclusive, com muito mais frequência atualmente”, finalizou a secretária de Saúde.

Postar um comentário

0 Comentários