OFERECIMENTO/ PROPAGANDA

Notícias

6/recent/ticker-posts

Pernambuco suspende feriado de carnaval por causa da pandemia e volta a ameaçar fechamento de parques

Depois de suspender o carnaval em 2021, por causa da pandemia, o governo de Pernambuco anunciou, nesta quinta-feira (28), que não haverá feriado para as festividades. Foi cancelado o ponto facultativo na segunda-feira e terça-feira de folia, nos dias 15 e 16 de fevereiro, respectivamente.

Essa medida foi tomada para tentar evitar aglomerações. O estado tem batido recorde na média móvel de confirmações de casos de Covid-19.

Apesar dos números, o governo não anunciou, nesta quinta, nenhuma nova medida restritiva. Na entrevista coletiva transmitida pela internet, os representantes do estado voltaram a ameaçar o fechamento de parques, caso as pessoas continuarem se aglomerando e sem usar máscaras.

Segundo o secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, a medida adotada é um complemento ao que já havia sido anunciado em relação ao carnaval.

Conforme o governo, também foram proibidos shows até o final do período carnavalesco. Eventos de todo tipo também não podem ocorrer devido à piora na pandemia.

"Agora, viemos anunciar a suspensão do ponto facultativo no carnaval. A segunda e a terça-feira, que eram ponto facultativo, não acontecerão mais dessa forma. As repartições públicas funcionarão normalmente, para evitar aglomerações nas praias, no transporte público, no comércio", disse Novaes.

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, disse que há uma tendência de estabilidade nas notificações de casos graves. No entanto, há um aumento de 15% nas internações em enfermarias.

"Nos parques, ainda existe muita resistência ao uso de máscara. Por isso, o comitê resolveu continuar monitorando essa situação durante essa semana. Caso o comportamento negacionista de alguns tenha repercussão nos indicadores e não observarmos que vai mudar, esses locais poderão ser fechados", declarou.

No início de janeiro, houve aglomerações em diversas praias do litoral pernambucano. Por duas semanas, o governo prometeu proibir a circulação nas orlas por causa do desrespeito, mas não adotou as restrições.

"Hoje, em reunião com os prefeitos, sob a liderança da Amupe [Associação Municipalista de Pernambuco], reiteramos o pedido de apoio e reforço dos prefeitos na fiscalização do litoral", afirmou André Longo.

Pandemia em Pernambuco

Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (28), mais 1.494 casos da Covid-19 e 28 óbitos provocados pela doença. Isso levou o estado a totalizar 256.977 infectados pelo novo coronavírus e 10.279 mortes na pandemia. Os dados são contabilizados desde março de 2020. Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários