ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Após pressão de candidato da oposição, prefeito resolve convocar poucos aprovados em concurso público

 

Após pressão dos aprovados e de vereadores, Hélio atendeu aos pedidos e começou a convocar. Coincidentemente ou não, em alusão ao seu partido, apenas 14 pessoas foram chamadas

Depois da longa espera, após pressão popular, dos aprovados e dos vereadores Gilvandro Estrela (DEM) e Bruno Galvão (PT), finalmente saiu o edital com as primeiras convocações nessa quarta-feira (14) do concurso público realizado pela prefeitura municipal de Belo Jardim. Coincidentemente ou não, em alusão ao partido do prefeito Hélio dos Terrenos (PTB), dos 376 aprovados, apenas 14 pessoas foram convocados.

O que acontece é que a convocação aconteceu de maneira inibida, sem beneficiar mais pessoas e sem mais detalhes do prefeito municipal. Recentemente, o requerimento nº 213/2020, de autoria do vereador Gilvandro Estrela, que cobrava justamente a celeridade nessas convocações, foi aprovado de maneira unânime pelos demais vereadores. O vereador Bruno Galvão também havia encaminhado um pedido de informação à Prefeitura de Belo Jardim, solicitando que fosse enviado à Câmara de Vereadores as datas previstas para o processo de convocação, nomeação e posse dos aprovados.

O exame médico admissional dos profissionais chamados está agendado para o dia 23 de outubro, na Secretaria de Saúde do município. Embora tenham sido poucos, a página Concurso Belo Jardim, no Instagram, formada por aprovados no certame, comemorou o início do chamamento.

Relembre

Pelas diversas polêmicas envolvendo o concurso, pela demora na convocação dos aprovados e pela falta de transparência por parte da prefeitura municipal, aprovados criaram até uma campanha nas redes sociais com a pergunta: “Quando sai a homologação?”

Pela falta de compromisso e comprometimento com os demais candidatos do concurso, foram feitas diversas denúncias e reclamações sobre o processo. Posteriormente, as reclamações foram das pessoas pedindo para que os vereadores e o atual prefeito, Hélio dos Terrenos (PTB), tomassem alguma medida sobre o caso.

Nenhum comentário