ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Moradores de rua acampam na Praça da Conceição em Belo Jardim

Rede armada, pertences no chão, corte de cabelo e até banho no meio da Praça da Conceição. Esta é a cena flagrada constantemente pela população em um dos principais pontos e de maior circulação em Belo Jardim. O BJ1 recebeu na manhã desta quarta-feira (26/08) a denúncia sobre a falta de políticas públicas eficientes e eficazes de acolhimento aos moradores em vulnerabilidade social, além de fiscalização por autoridades competentes.

O problema também é evidenciado pela inexistência de uma guarda municipal que possa coibir e fiscalizar este tipo de prática, além de orientar os moradores a procurarem assistência social com a finalidade de proporcionar dignidade aos cidadãos. Por outro lado, a Secretaria de Assistência Social, no dia 15 de agosto, informou pela rede social que está realizando o trabalho de amparo a estes moradores com higienização, alimentação e local para passarem a noite em uma escola pública do município.

A nota diz ainda que os que voltam às ruas é por vontade própria, para o consumo de drogas e bebidas e pedir dinheiro. Entretanto, constantemente flagras como estes são feitos pela população, demonstrando que não tem sido eficaz a abordagem pela prefeitura municipal. Na verdade, essa é a ponta de um iceberg que está imerso em um complexo e emaranhado problema social em Belo Jardim.

“Isso mostra a inoperância da atual Gestão Pública não só com os moradores de rua, como o corte de energia dos prédios públicos, praças e avenidas por falta de pagamento, lixo espalhado nas ruas, saúde precaríssima, enfim…” relatou o denunciante que cobra melhoria pela gestão de Hélio dos Terrenos em vários aspectos administrativos e lembra a inadimplência da prefeitura com a Celpe.

Recentemente, o BJ1 também noticiou o fato de moradores de rua estarem se abrigando em casinha para cachorros de rua, disponibilizada pela ONG Laika Vitae na Praça do Cassiano, que gerou bastante repercussão na cidade.

BJ1

Nenhum comentário