ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A reforma que parece não ter fim da Central de Abastecimento de Belo Jardim

 



Passados três anos e a tão prometida e esperada reforma da Central de Abastecimento pela Gestão de Hélio dos Terrenos, um dos principais pontos comerciais e também responsável pelo aquecimento econômico municipal, continua com sinais de abandono. Em visita ao local, a pré-candidata a vereadora Janaina Ferreira (Solidariedade), levantou alguns pontos relevantes de incapacidade técnica na obra, tanto no planejamento quanto na execução do projeto. (VEJA GALERIA DE FOTOS ABAIXO)

Janaina é do ramo da construção civil, com experiência e embasamento técnico para apontar as falhas que vem ocorrendo na reforma e que resultaram no atraso, gerando insatisfação em comerciantes e cidadãos em geral. Segundo a pré-candidata, foram observados vários problemas, dentre eles erros de iluminação onde, por exemplo, não foi mais explorado a iluminação natural com telhas transparentes, questões de acessibilidade como rampas e guias, problemas ergonômicos nos espaços destinados às tarimbas (local destinado a venda das carnes).

De acordo com Janaína, o impressionante é que, segundo relato de alguns dos próprios marchantes, “isso poderia ter sido evitado, esses gastos desnecessários com retrabalho, pois o que foi acordado em uma reunião para expor nossas necessidades não foi cumprido”. Os problemas continuam no entorno, onde se percebe que não foi elaborado um planejamento para melhoria da Central de Abastecimento como um todo, pois não foram considerados banheiros (que são de fundamental importância), estacionamento e paisagismo, por exemplo, o que inviabiliza a funcionalidade do projeto, prejudicando comerciantes e consumidores.

E, de acordo com avaliação técnica de Janaina, os problemas não param por aí: “existem reparos urgentes a serem feitos como reparo na estrutura da caixa d’água, esgoto a céu aberto (saneamento), infiltrações em todos os prédios, parte elétrica precária, hidráulica, cobertura precisando de reparos tanto na estrutura metálica quanto nas telhas, portas de acesso danificadas, calçadas deterioradas, banheiros em condições totalmente precárias, pisos danificados”.

“Tudo isso comprovado em relatório fotográfico, além de praticamente haver um pedido de socorro de alguns comerciantes que não quiseram se identificar por medo de represarias, mas alegam total abandono”, denunciou Janaina. Segundo conversa com comerciantes locais, eles relataram à précandidata que “vivem abandonados, sem condição se quer de usar os banheiros”.

“Devemos levar em consideração que a Central de Abastecimento não é apenas o Mercado de Carne, mas, sim, todo entorno, como o Mercado de Farinha, Mercado de Peixe, banheiros, restaurantes e box de iguarias, o que fomenta a economia do município e a renda de pequenos comerciantes”, garantiu Janaina.

Dessa forma, ela cobra e lembra que tantos recursos já foram gastos e a obra ainda não foi concluída, valor esse que superou a proposta inicial. “Vale salientar que essa cobrança vai além, pois, além da conclusão das obras prometidas, cobramos o respeito e o compromisso com os comerciantes e os cidadãos belo-jardinenses, que desde a gestão anterior não vem cumprindo com o nosso povo”.

“O ontem e o hoje têm deixado nosso povo desassistido, precisamos de um futuro melhor, de um renovo, de pessoas honestas que respeitem de verdade a nossa gente.

Fica aqui a minha indignação e repúdio a essa situação”, diz a pré-candidata Janaina Ferreira.

BJ1

Nenhum comentário