ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Homem é preso suspeito de vender água desviada de ligação clandestina para pessoas de baixa renda, em Caruaru



Um homem foi preso suspeito de vender água desviada de uma ligação clandestina em Caruaru, no Agreste. De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento, a água era vendida para pessoas de baixa renda, no loteamento Serranópolis. O caso ocorreu na segunda (08/06), mas as informações foram repassadas na quarta-feira (10/06).

O crime foi identificado durante uma ação conjunta da Compesa com as polícias Militar e Civil. Ainda segundo a companhia, o suspeito distribuía a água irregularmente a dezenas de famílias da localidade e cobrava uma taxa pelo fornecimento.

“Estamos fazendo o levantamento de quanto o acusado lucrava, por mês, com a venda ilegal da água e há quanto tempo ele estava cometendo esse crime”, afirmou o gerente da Unidade de Negócios da Compesa Agreste Central, João Raphael Queiroz.

A ação ilegal prejudica diretamente os moradores dos bairros vizinhos. “Temos recebido, ultimamente, reclamações de falta de água no bairro São José e parte das Rendeiras, e começamos a suspeitar que ligações clandestinas estariam prejudicando moradores dessas áreas. Investigamos e chegamos ao flagrante”, informou João Raphael.

Denúncias de irregularidades podem ser realizadas, de forma anônima, pelo site da Compesa, acessando os menus Canal de Denúncias ou Ouvidoria, e ainda por meio do 0800 081 0195.
G1

Nenhum comentário