ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara de Vereadores aprovou pedido de informação do Vereador Bruno Galvão referente ao programa de ensino remoto adotado durante o período de isolamento social



A Câmara de Vereadores aprovou na última terça-feira, o pedido de informação n° 20/2020, do Vereador Bruno Galvão PT, solicitando à Secretaria de Educação de Belo Jardim, informações sobre o programa de ensino remoto adotado durante o período de isolamento social, devido à pandemia do coronavírus. No documento, o vereador solicita a programação das aulas remotas e a metodologia de ensino, além de questionar como foi realizada a capacitação para os profissionais da educação atuarão neste novo formato de aulas na rede municipal de ensino; disponibilidade de equipe técnica para suporte aos alunos e professores; e se houve distribuição dos materiais didáticos para os alunos. 

A Secretaria de Educação de Belo Jardim também deve enviar a cópia do contrato dos serviços relacionados ensino remoto. De acordo com o plano de ação apresentado pela Secretaria, a proposta foi discutida com o Conselho Municipal de Educação e o Sindicato dos Servidores Municipais de Belo Jardim (SISMUBEJA),embora os professores e a comunidade escolar questionem e apontem falhas no método de ensino adotado. “Recebemos denúncias de que os professores estão sendo pressionados à gravar aulas, sem qualquer orientação pedagógica. 

Além disso, os professores indicam que não há informações da plataforma que será usada para envio e devolutiva da correção das atividades, comprometendo o desenvolvimento educacional do aluno”, destacou o vereador Bruno Galvão. O vereador também comentou sobre a participação dos alunos no sistema de ensino remoto. 

“De acordo com o plano de ação da Secretaria de Educação, a aferição da participação dos alunos será feita através do número de espectadores durante a transmissão das aulas na página oficial do órgão no Facebook, canal este, aberto ao público em geral, não podendo ser usado como parâmetro para medir os índices de participação do alunado belo-jardinense nas aulas remotas”, justificou o vereador Bruno Galvão. 

A Secretaria de Educação de Belo Jardim tem o prazo de 30 dias a contar da data do recebimento do ofício para responder o pedido de informação, de acordo com o Regimento Interno da Câmara de Vereadores.

Nenhum comentário