ÚLTIMAS NOTÍCIAS

'Estamos caminhando rapidamente para a aceleração descontrolada', diz secretário de Saúde sobre coronavírus em PE



Após a confirmação de 223 casos do novo coronavírus e 30 óbitos de pacientes com a doença Covid-19 em Pernambuco nesta segunda (6), o secretário estadual de Saúde, André Longo, afirmou que o estado se aproxima do processo de transição para a próxima fase da pandemia. “Estamos caminhando rapidamente para a aceleração descontrolada, em que os números crescem mais rapidamente”, disse.

Durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda (6), Longo afirmou que há expectativa para o fim desta fase nos últimos dias de maio. “Temos uma perspectiva de que, até o fim do mês de abril e começo de maio, estejamos nessa fase, para no fim do mês de maio essa curva desacelerar”, afirmou, mencionando, ainda, que as projeções são de “dias difíceis” para os dois meses citados.

Ainda nesta segunda (6), o estado contabiliza 30 dias desde o aparecimento dos sintomas nos pacientes que receberam a primeira confirmação da doença em Pernambuco. "É muito doloroso, muito difícil para boa parte da população, mas talvez seja a única solução para diminuir o impacto na mortalidade das pessoas", disse o infectologista Demétrius Montenegro sobre as restrições determinadas pelo poder público.

De acordo com o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, a curva de crescimento dos casos foi retardada pelas medidas de isolamento social adotadas pela capital pernambucana e pelo governo do estado. O “atraso” possibilitou a abertura de leitos e a aquisição de materiais como respiradores pulmonares.

“Se não tivéssemos tomado medidas de restrição social alguns dias atrás, estaríamos agora vivendo essa curva descontrolada sem que houvesse possibilidade de ampliação do número de leitos ou de contratação de profissionais de saúde. Isso significa salvar vidas”, declarou.

Até esta segunda (6), a rede municipal de saúde do Recife contabiliza 148 leitos. Já a rede estadual possui 280, com previsão de ampliação para os próximos dias. “Hoje, Pernambuco tem 73% dos novos leitos de UTI disponibilizados para Covid-19 ocupados. Nos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação é de 57%”, disse Longo.

Profissionais de saúde
Ainda de acordo com o representante da SES, Pernambuco desenvolveu um protocolo para testagem e afastamento de profissionais em situação de risco. “Ampliamos a testagem para Covid-19 e, até o momento, já foram testados 186 profissionais de saúde. Tendo 88 casos descartados, 51 confirmados e 47 que aguardam resultados”, disse Longo.

Durante a coletiva de imprensa, o secretário estadual de Saúde lamentou a perda de duas profissionais do setor que apresentaram resultado positivo para Covid-19. As duas servidoras atuavam no Hospital Getúlio Vargas, na Zona Oeste do Recife. "Queremos agradecer todo o o comprometimento e zelo demonstrado pelas duas. O governo vai garantir assistência às famílias", afirmou.

Ainda de acordo com ele, as duas servidoras não estavam atuando diretamente no tratamento de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 na unidade de saúde. “Uma delas estava de férias e a outra não estava trabalhando diretamente com os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave”, contou.
G1

Nenhum comentário