ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Aceleração do novo coronavírus, dias difíceis estão por vir, diz secretário de saúde de Pernambuco



O secretário estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo, disse em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (13/04) que "dias difíceis estão por vir", se referindo à aceleração do novo coronavírus no Estado. Para ele, o pico da doença pode ser antecipado ou não, a depender do comportamento da população em cumprir ou não a recomendação de isolamento social. A estimativa do governo é de que 200 mortes já foram evitadas pelo isolamento social.

A previsão é de que o pico no Estado ocorra no mês de maio, segundo a secretaria. "A gente precisa ter consciência de que estamos em franca aceleração da epidemia. O nosso comportamento é essencial para os próximos 30 dias", declarou.

De acordo com André Longo, a estratégia das autoridades de saúde é estar sempre à frente da doença, criando novos leitos antes que seja necessário utilizá-los, tanto no Grande Recife como no interior. Porém, caso as medidas adequadas não sejam cumpridas, pode haver mais casos do que a capacidade de abertura de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Desde o início da epidemia no Estado, há um mês, a ocupação dos leitos de UTI varia de 86 a 95%, a depender do dia. "É importante que a população ajude. Nós estamos trabalhando de domingo a domingo, até altas horas, no esforço para ampliar nossa rede de saúde", declarou.

Números em Pernambuco
A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) informou nesta segunda-feira (13) que o número de casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) chegou a 1.154. Já as mortes subiram para 102. Nesse domingo (12), completou um mês que o primeiro caso foi confirmado no Estado.
NE 10 Interior

Nenhum comentário