ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Descaso na Avenida Paulo Guerra em Belo Jardim, PE

Segundo especialista, o grande problema consiste no poder público não ter projetos para os espaços públicos. 

Nos últimos anos, a cidade de Belo Jardim tem sido destaque na mídia por motivos nada agradáveis como: assassinatos em carreatas durante campanhas eleitorais, protestos contra os legisladores municipais, impeachment do prefeito, funcionários sem receber o salário há três meses, advogado agredido no fórum pelo prefeito atual, enfim, as últimas gestões não têm motivado informações lisonjeiras. 


Desta vez, o motivo de lamento é a Avenida Senador Paulo Pessoa Guerra, no Bairro Cohab I em Belo Jardim. Lamentavelmente, as árvores não estão podadas corretamente, partes do patrimônio está danificado, assim como o parquinho que apresenta perigo de acidentar as crianças que lá brincam, apesar do ambiente não ser nada convidativo para crianças, o que explica nenhuma criança brincando no local em pleno dia de sábado, algo explicável pelo local não ser nada atrativo, não haver uma arborização do ambiente, e muitas partes serem depósito de lixo.


O técnico em Edificações Juliano Michel afirma ao ser procurado para analisar a situação: "Belo Jardim sofre com a falta de projetos voltados para a área de urbanismo e meio ambiente. Quase não existem praças projetadas ou adaptadas para pessoas com algum tipo de deficiência física, precisamos de ambientes pensados para trazer beleza e bem-estar. Lamentavelmente, as árvores sofrem com podas desnecessárias e severas. Parte do patrimônio se encontra deteriorado e o que resta do parquinho, está comprometendo a integridade física das crianças que, por ventura, se arrisquem a brincar no local".


"Belo Jardim sofre com a falta de projetos voltados para a área de urbanismo e meio ambiente. Quase não existem praças projetadas ou adaptadas para pessoas com algum tipo de deficiência física, precisamos de ambientes pensados para trazer beleza e bem-estar" (Juliano Michel - Técnico em Edificações). 


Se por um lado há uma parcela de culpa de um ou outro cidadão que joga lixo no local, a ausência de um funcionário público que zele pelo ambiente torna a avenida um recinto abandonado, pois há cidades que em praças de avenida não há lixo sendo colocado, uma vez que existem profissionais zelando pela preservação do local. Juliano Michel nos diz que o principal problema não com a população, mas com a falta de arborização no local: "moramos em uma das cidades mais quente do país. O plantio de árvores nas nossas praças deve ser visto como políticas para contribuir com a saúde da população", em seguida enfatiza: "A Avenida Senador Paulo Guerra precisa urgentemente de uma intervenção por parte do poder público: asfalto em toda sua extensão, instalação de equipamentos para exercícios físicos para jovens e idosos. playground e paisagismo. Além do plantio de novas árvores com altura superior a 3 metros de altura, pois assim, o local passará a receber os benefícios das sombras das copas das árvores".

Dado o diagnóstico, fez-se necessário perguntar ao entrevistado quais seriam as primeiras medidas que ele tomaria caso ficasse responsável por resolver os problemas do local: "Eu buscaria ouvir a população local, recolhendo todas as sugestões possíveis e aplicáveis para o local. Integrando a comunidade com as soluções dos problemas, podemos criar ambientes públicos com cara de privados, pois assim, os moradores passam a se sentir donos e responsáveis pela manutenção desses locais".

Como vemos, Belo Jardim tem profissionais com capacidade para não apenas identificar os problemas, mas diagnosticar e resolver, cabe ao poder público uma resposta perante esse problema. Desde já, o site Ponto & Vírgula fica à disposição da prefeitura para o Prefeito Hélio dos Terrenos, ou um representante, darem uma explicação acerca do abandono no qual a praça se encontra.
Nogueira Netto
Graduado em Letras, Mestre em Letras e Linguística e Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL. 
Fonte: Ponto e Vírgula 
Site: https://www.ponto-virgula.com/

Nenhum comentário