ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia encontra R$ 2.154 reais na casa do assassino da professora Jodeilma



A professora Jodeilma Maria dos Santos, 47 anos, assassinada pelo companheiro Irandi, na última sexta-feira (11/10), foi vítima de latrocínio. Segundo o delegado Rômulo César, o dinheiro que a professora recebeu de uma indenização foi encontrado na casa do suspeito. “Ele disse que o dinheiro estaria na bolsa da vítima no local do crime. 


Porém, a quantia foi encontrada no quarto dele dentro de um livro pelo pai na manhã de hoje”, explicou. De acordo com o delgado, a quantia encontrada foi de R$ 2.154 reais em espécie. O dinheiro será encaminhado para a Delegacia de Homicídios de Caruaru, que está responsável pelo caso. 


“O crime passa de homicídio e se caracteriza latrocínio”, afirmou o delegado. O crime de latrocínio, roubo seguido de morte, tem pena mínima é de 20 anos e a máxima de 30. Com os agravantes, como ocultação de cadáver, por exemplo, pode elevar a condenação do homem para mais de 30 anos de prisão. O delegado revelou ainda que o suspeito apresenta sinais de psicopatia e aproximava de mulheres com sintomas de pressão para tentar tirar algum tipo de benefício. O homem está preso na Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru.
Bj1

Nenhum comentário