ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Nota de repúdio do vereador Bruno Galvão contra o presidente da AEB Nem Cabeludo



NOTA DE REPÚDIO
Como é de conhecimento de todos, a Autarquia Educacional de Belo Jardim (AEB-FBJ), está passando por dificuldades para sua sobrevivência.

No último dia 26 de agosto, os professores, exercendo à democracia, reuniram-se em protesto na quadra da instituição para revindicar melhorias para unidade de ensino, que segue asfixiada com a falta de aporte financeiro por parte da Prefeitura de Belo Jardim.

Nesta sexta-feira (13), fomos surpreendidos com a portaria nº 016/2019,  assinada pelo diretor-presidente, Sebastião Cordeiro, (Nem Cabeludo), onde instala uma sindicância para "apurar" a participação do corpo docente da instituição na manifestação.

As ações negligentes direcionadas a instituição, a perseguição com aqueles que lutam pela AEB, censurando os professores e  impedindo-os de exercer o direito de greve que é garantido pela constituição, deixam claro a real intenção dessa sindicância.

Como representante do povo de Belo Jardim e filho de uma professora, deixo o meu repúdio a essa ação administrativa tomada pelo diretor-presidente

Me solidarizo e coloco o nosso mandato a disposição dos professores e estudantes que foram à luta pelo direito a educação, acusando assim a conduta da atual gestão como práticas autoritárias e injustificáveis.

Belo Jardim, 14 de setembro de 2019.
Vereador Bruno Galvão

Nenhum comentário