ÚLTIMAS NOTÍCIAS

No Santa Cruz, Celsinho revela "choque grande" em período lesionado e fala sobre parte física


No segundo tempo da vitória de 2 a 1 sobre o Globo-RN, Celsinho reapareceu. Após mais de dois meses parado por causa de uma contusão, ele voltou a participar de um jogo do Santa Cruz e ressurge como opção para o técnico Milton Mendes nesta fase final da Série C. Com um clássico decisivo no próximo sábado, contra o Náutico - uma derrota elimina os corais -, ele espera que seu retorno não seja tarde demais.

- Eu me cobrava muito depois dessa lesão justamente por isso, pela maneira que cheguei, como cheguei e me sentia mal mesmo, muito triste. Eu só tinha feito um jogo e as pessoas queriam ver mais do Celsinho, mas a lesão me afastou. Foi um choque grande porque eu quero e preciso mostrar o motivo de eu ter vindo. Me atrapalhou e chateou muito. Mas ainda consegui pegar esse final e me dedicar ao máximo.

Nos dois jogos que fez com a camisa do Santa Cruz, Celsinho atuou por menos de 90 minutos. Recuperado de uma lesão na coxa, ele disse que agora consegue atuar durante um jogo inteiro.

- Fisicamente estou sem problema algum. Suportaria, sim, uma partida. Óbvio que dentro do jogo, a falta de ritmo por ficar tanto tempo fora, fica visível. Mas eu suportaria um jogo todo. Eu me senti bem. A parte física também foi aprimorada nesse tempo que fiquei fora. Me vejo tranquilo para jogar um jogo inteiro, um tempo que seja... Quem vai decidir é a comissão.
Celsinho acredita que tem uma espécie de "dívida" com a torcida do Santa Cruz que, na visão do próprio jogador, ainda não o viu rendendo tudo o que pode.

- Agora eu quero mostrar o motivo de eu ter vindo para que os torcedores não achem que minha vinda foi um achado. Quem vem jogando, é óbvio que a visibilidade é maior, mas não me senti esquecido.
Fonte: GE

Nenhum comentário