ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Náutico vence último clássico do ano, passa em primeiro e encerra temporada do Santa Cruz


Era uma árdua missão. O Santa Cruz precisava do resultado para manter as chances de classificação na Série C. Porém, encontrou nesta tarde, nos Aflitos, um Náutico eficiente e muito determinado a vencer em sua casa para ir com moral para o mata-mata. Com gols de Diego Silva, Jean Carlos e Jhonnatan, o Timbu terminou a primeira fase da Terceira Divisão na liderança do Grupo A e, por consequência, eliminou da competição um dos maiores rivais, que permanecerá por mais um ano na Terceirona.  

O Náutico agora espera a definição do Grupo B da Série C, que acontecerá no domingo. O adversário dos alvirrubros no mata-mata, será o quarto colocado da outra chave, que será definida após os jogos da 18ª rodada. O Timbu fará o primeiro jogo fora de casa e terá a vantagem de decidir em casa.

O jogo
Nervoso como tem de ser um clássico decisivo. Foi assim que começou a partida entre Náutico e Santa Cruz, nos Aflitos, pela última rodada da fase de classificação da Série C. Precisando do resultado, os tricolores buscaram ditar o ritmo do jogo, mas esbarraram na forte marcação do Timbu, que foi escalado pelo técnico Gilmar Dal Pozzo com um trio de volantes. Dessa forma, a partida ficou bastante truncada nos minutos iniciais do jogo. 

A partida ganhou em emoção a partir da segunda metade do primeiro tempo. Com o melhor encaixe da marcação, o Náutico ganhou maior espaço e começou a dominar as ações em campo. O reflexo desta melhora apareceu aos 29 minutos. Após lançamento na área, Rafael Oliveira subiu mais que a defesa tricolor e exigiu milagre do goleiro Anderson. Na continuação do lance, em escanteio batido da direita, Diego Silva superou a zaga coral e testou firme para abrir o placar para os donos da casa. 

No apagar das luzes, o Náutico ainda encontrou espaço para ampliar o placar. Após jogada pela direita, a marcação deixou o meia Jean Carlos livre para pensar, calcular e dar lindo chute colocado no ângulo direito de Anderson, que saltou, mas nada pode fazer. Com dois a zero no placar, alguns torcedores corais já começavam a deixar os Aflitos antes do apito final da primeira etapa.
Fonte: DP

Nenhum comentário