ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Papa Francisco visita jesuítas em Roma no mês de importante festa


No domingo, 7 de julho, o Papa Francisco fez uma visita privada aos jesuítas em Roma, no mês de uma importante celebração para a Igreja e para a congregação na qual fez sua profissão solene. 

"Posso confirmar que ontem (domingo) o Santo Padre se dirigiu de forma privada à Cúria Geral dos Jesuítas, onde almoçou com o Prepósito Geral, Padre Arturo Sosa, e com os confrades da Companhia de Jesus", disse Alessandro Gisotti, diretor interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, aos jornalistas. 

"Como é de conhecimento, nos últimos anos o Pontífice tem visitado de forma privada seus confrades jesuítas na Cúria Geral, na proximidade da festa de Santo Inácio de Loyola", acrescentou. 

O Papa Francisco fez sua profissão religiosa solene no dia 22 de abril de 1973 na Ordem dos Jesuítas ou Companhia de Jesus, na qual ingressou em 11 de março de 1958. 

Entre 1972 e 1973, foi mestre de noviços na província de San Miguel em Buenos Aires (Argentina), onde também atuou como professor da Faculdade de Teologia, consultor provincial da Ordem e Decano do Colégio.

Em 31 de julho daquele ano, foi eleito Provincial dos jesuítas na Argentina. Tinha 37 anos de idade.

O dia 22 de abril é uma data tradicional na qual os jesuítas pronunciam seus votos após concluírem sua formação religiosa, porque neste dia, em 1542, Santo Inácio de Loyola – fundador da Companhia de Jesus – e seus primeiros companheiros pronunciaram em Roma sua profissão solene depois da aprovação da nova ordem pelo Papa Paulo III.

A Festa de Santo Inácio de Loyola, fundador dos jesuítas, é celebrada em 31 de julho.
Fonte: ACI Digital