CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Tecnologia do Blogger.

Boato causa tumulto em escola de Mutuca e deixa pessoas feridas


Imagem Ilustrativa
Segundo informações, um tumulto teria acontecido em uma escola do Distrito de Mutuca, onde alunos, professora e funcionários fizeram um alvoroço com medo, após uma provável ameaça de tiros.

Em várias redes sociais, estão sendo exibidos vídeos com adolescentes com cortes na mão e outras partes do corpo em um corre, corre, imenso no interior de uma escola.

Segundo informações de internautas de lá, o tumulto se deu após o pessoal do colégio achar que o mesmo estava sendo invadido por homens armados para matar alunos.

Veja abaixo um texto que recebemos de um internauta de Mutuca.

” Olha foi assim: Logo cedo as pessoas de Mutuca ficaram sabendo que tinhas uns homens querendo matar alunos de Xucuru , Pesqueira e Mutuca. Motivo desconhecido, aí um policial aqui de Mutuca ficou atocalhando para ver se eles vinham mesmo, por que logo cedo eles estavam de frente da escola só que não tinha ninguém na escola ainda. Depois desse fato ocorrido, dois garotos pegam uma briga, um deles apanha e fala que isso vai ser resolvido na bala, logo depois, as pessoas já assustadas com a história dos homens que queriam invadir a escola, correram e pularam o muro da escola que é cheio de caco de vidro. Uns se cortaram, mulheres grávidas cortaram a barriga subindo o muro, o motorista foi para o Hospital com começo provavelmente de enfarto…”.

Ainda segundo informes dez pessoas se lesionaram e quatro delas foram para a emergência do Hospital Dr. Lídio Paraíba, onde foram atendidos e medicados e ficaram em observação.

ABAIXO UMA NOTA DO PROFESSOR TIAGO.

O que houve de fato foi o seguinte: numa sala de EJA da escola, dois alunos iniciaram uma discussão que acabou se transformando numa briga. Imediatamente a professora acionou os porteiros que junto com a vice-diretora entraram na sala e separaram rapidamente o conflito. O problema foi que nesse meio tempo os alunos de outras salas escutaram o barulho e entenderam que estava acontecendo algo maior e mais sério, como uma invasão/assalto na escola. Gritaram isso pelos corredores, o que fez com que houvesse pânico, fazendo com que alguns jovens tentassem fugir da escola achando que havia algo de terrível acontecendo, que felizmente não havia. Algumas pessoas, acabaram se machucando com cortes nas mãos na tentativa de pular o muro que possui cacos de vidro justamente para aumentar a segurança. Nós professores quando vimos os ferimentos de algumas jovens e também uma gestante em choque por conta do susto, nos encaminhamos rapidamente para Pesqueira para prestar o devido socorro. A direção da escola, junto com outros funcionários ficou na unidade resolvendo as demais questões com os alunos causadores do problema, inclusive a família deles foi chamada e houve uma reunião.

Vale destacar que na escola de Mutuca existem dois porteiros e ambos trabalham muito bem, mantendo o portão trancado dentro dos horários e exigindo identificação de quem.deseja entrar no ambiente e não é conhecido(a).

Graças à Deus não houve nada de mais grave, todos já estão em casa após o susto. A história foi essa. Trabalho em Mutuca há um bom tempo e gosto muito da comunidade, esse incidente de hoje foi um caso isolado, que não vai atrapalhar em nada nosso cotidiano escolar.
Prof. Tiago Vasconcelos
Pesqueira em Foco