CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Tecnologia do Blogger.

Papa envia 500 mil dólares a migrantes na fronteira entre México e Estados Unidos


O Papa Francisco realizou uma doação de 500 mil dólares para diferentes projetos de ajuda aos migrantes na fronteira entre o México e os Estados Unidos. 

De acordo com o site do Óbolo de São Pedro, instituição responsável pela administração da ajuda econômica que os fiéis oferecem ao Santo Padre, a doação será distribuída entre 27 projetos de 16 dioceses e congregações religiosas mexicanas que pediram ajuda para continuar oferecendo abrigo, alimentos e produtos básicos para os migrantes.

No comunicado do Óbolo de São Pedro, informa-se que, "nos últimos meses, milhares de migrantes chegaram ao México, depois de viajar mais de 4.000 quilômetros a pé e em veículos improvisados ​​de Honduras, El Salvador e Guatemala".

"Homens e mulheres, muitas vezes com filhos pequenos, fogem da pobreza e da violência, na esperança de um futuro melhor nos Estados Unidos. Mas a fronteira dos Estados Unidos continua fechada para eles".

O comunicado continua explicando que, "em 2018, seis caravanas de migrantes entraram no México totalizando 75.000 pessoas e já foi anunciada a chegada de novos grupos. Todas essas pessoas ficaram presas, sem poder entrar nos Estados Unidos, sem um lar nem meios de subsistência".

"A Igreja Católica acolhe milhares deles em hotéis de dioceses ou congregações religiosas, fornecendo o que é necessário para viver, desde a moradia até a roupa", destaca o texto.

Além disso, lamenta que "a cobertura dos meios de comunicação sobre essa emergência tenha diminuído e, com isso, tenha diminuído também a ajuda aos migrantes por parte do governo e por parte das pessoas”.

Dos 27 projetos que serão financiados pelo Santo Padre, 13 já foram aprovados para as dioceses de Cuautitlan, Nogales, Mazatlán, Querétaro, San Andrés Tuxtla, Nuevo Laredo e Tijuana; assim como para os Scalabrinianos, Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e Maria e para as Irmãs Josefinas.

Da mesma forma, outros 14 projetos estão em estudo, pois é necessário ter um uso regulado e transparente dos recursos para que a ajuda seja concedida.

O comunicado conclui destacando que "graças a estes projetos, de caridade e solidariedade cristã, os bispos mexicanos esperam poder continuar ajudando os irmãos e irmãos que migram".
Fonte: ACIDIGITAL