ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mourão diz que país precisa “deixar de discutir no varejo”


O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), disse que o Brasil precisa "deixar de discutir no varejo" em discurso feito durante homenagem que recebeu, hoje, em Teresina, da Assembleia Legislativa do Piauí. 

Alvo de ataques recentes do vereador Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente Jair Bolsonaro, e do escritor Olavo de Carvalho, guru do governo, Mourão evitou polêmicas e não citou os dois em seu discurso. 

"A nação necessita de mais entendimento, segurança e mais oportunidades de crescimento. Temos que deixar de discutir no varejo, para discutir somente no atacado", disse. 

O vice-presidente também elogiou o governo Bolsonaro. "O governo do presidente tem se empenhando em mudanças profundas em nossa sociedade, em um projeto de Estado que visa o bem comum, a liberdade e a segurança das futuras gerações", afirmou. 

Mourão também falou da postura do governador petista Wellington Dias, no encontro de ambos na sede do governo, horas antes da solenidade da Assembleia Legislativa. 

"Ao chegar hoje pela manhã no Palácio de Karnak e encontrar o nosso governador, uma conversa franca, tranquila, debatendo de forma republicana, honesta, sincera, os problemas que atingem o país como um todo, em particular o estado do Piauí", disse o vice-presidente. 

Durante a homenagem, Mourão foi provocado a falar sobre o assunto por deputados que o homenagearam com o título de cidadão piauiense, entregue pela Assembleia Legislativa do Piauí, mas silenciou.
Fonte: Blog do Magno