CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Tecnologia do Blogger.

Criança tem rosto queimado pela mãe com colher quente por não conseguir fazer tarefa escolar

Menina de 8 anos foi retirada de casa, em Olinda, pelo Conselho Tutelar nesta segunda-feira (18). A mãe da garota disse à polícia que o ocorrido foi um acidente.

Caso foi registrado na Delegacia de Peixinhos, em Olinda — Foto: Reprodução/Google Street View
Uma mulher de 25 anos é investigada pela Polícia Civil por queimar a filha, de 8 anos, em Olinda. A criança sofreu lesões na boca e no peito. Nesta segunda-feira (18), a criança foi retirada de casa, no bairro de Águas Compridas, segundo o Conselho Tutelar. (Veja imagem abaixo) 

De acordo com o delegado Vinícius Oliveira, o caso ocorreu na quarta-feira (13) e a queixa foi registrada na Delegacia de Peixinhos nesta segunda-feira (18). A mãe da criança, segundo ele, afirma que as queimaduras ocorreram por causa de um acidente e nega ter ferido a filha por vontade própria.

"Hoje, todos compareceram à delegacia, inclusive a mãe. Ela diz que foi um acidente, mas estamos investigando o caso", afirma.

De acordo com o conselheiro Eurico Guedes, o caso chegou ao Conselho Tutelar de Olinda por meio de denúncias.

"Eu recebi a denúncia e fui até o local verificar. A criança afirma que foi queimada porque estava com dificuldades para fazer uma tarefa da escola. Foi aí que a mãe usou uma colher quente para queimá-la. A garota diz que foi a primeira vez que isso aconteceu", diz o conselheiro.

Nesta segunda-feira (18), a criança foi levada ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife, onde passa por exame de corpo de delito.
As imagens abaixo são fortes — Foto: G1

Criança foi queimada no rosto em Olinda — Foto: Conselho Tutelar de Olinda/Divulgação

Menina foi queimada pela mãe por não conseguir fazer tarefa escolar em Olinda, segundo denúncias — Foto: Conselho Tutelar de Olinda/Divulgação