ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Com pré-contrato pronto, Sport espera fechar contratação de Diego Souza até segunda-feira


A cada dia que passa, o Sport avança um pouco mais nas negociações junto ao São Paulo para repatriar o atacante Diego Souza. Nesta sexta-feira, as diretorias dos dois clubes tiveram uma reunião por videoconferência na qual tentaram resolver o último impasse antes do acerto. No caso, a divisão do salário do jogador. Mesmo ainda sem um ponto final, a expectativa dos dirigentes leoninos é positiva. A ideia é resolver tudo até a próxima segunda-feira. O otimismo é tanto que até um pré-contrato já está feito. 

No São Paulo, somando salários e luvas, Diego Souza recebe cerca de R$ 600 mil por mês. Decidido a voltar para o Sport, o jogador já abriu mão de R$ 200 mil. A divisão dos R$ 400 mil restantes é o último nó que falta ser desatado. Inicialmente, a proposta era para que o clube paulista seguisse pagando R$ 300 mil, com o Sport se responsabilizando pelos R$ 100 mil restantes. No entanto, os dirigentes do tricolor do Morumbi querem uma divisão mais igualitária.

Sem o Sport dispôr de recursos, uma das alternativas seria o abatimento da dívida que o São Paulo tem com o clube pernambucano no valor de R$ 2,2 milhões pela compra em definitivo do meia Everton Felipe. Opção que não é a preferida nem pelo clube pernambucano, nem por Diego Souza.

De toda forma, a "novela" não deve ser estender por muito tempo. E o momento indica um final feliz para os rubro-negros. Essa seria a terceira passagem do jogador pela Ilha do Retiro. Somando suas duas primeiras, foram 173 partidas com a camisa do Leão e 57 gols marcados, sendo 38 deles pela Série A do Campeonato Brasileiro, pelo qual foi artilheiro em 2016, com 14 gols. Ao lado de Fred, então no Fluminense, e William Pottker, então na Ponte Preta. Pelo Leão, Diego Souza também foi convocado para a seleção brasileira, em 2017, e campeão pernambucano no mesmo ano.

Inicialmente, o contrato de Diego Souza será até o final da Série B, com renovação automática, com bônus financeiro, em caso de retorno à Série A do Campeonato Brasileiro. Fonte: GE