ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vice-presidente reconhece início abaixo do esperado, mas prevê evolução do Náutico


Os primeiros jogos do Náutico tiveram resultados distantes dos que a torcida imaginava. Estreias com derrota tanto no Pernambucano quanto na Copa do Nordeste. A torcida ficou preocupada com os reveses e com o desempenho apresentado. A diretoria também. O vice-presidente de futebol do clube, Diógenes Braga, se pronunciou, admitiu que o rendimento é abaixo do que se esperava, mas, ao mesmo tempo, pregou cautela e projetou evolução.

- O time está devendo em campo, temos que reverter. Não vamos fugir à nossa responsabilidade nem esconder que o desempenho ficou abaixo do que desejávamos. Mas isso não é nada muito além do que um mau começo, que serve de alerta, e há tempo de corrigir, ajustar, melhorar. O time ainda vai evoluir muito

Segundo Diógenes, é importante estar atento, mas sem exageros.

"A torcida tem motivo para estar chateada, todos estamos. Mas não podemos fazer futebol de forma intempestiva, é preciso ser afirmativo, mas sem perder a serenidade. Se nos deixarmos levar pela emoção, os riscos são muito maiores. Essa lição muitos já receberam da pior forma possível."

Nesta terça, o Náutico volta a campo. Enfrenta o Sergipe, no Batistão, em Aracaju, pela segunda rodada da Copa do Nordeste. Ao fim da primeira rodada, o Timbu é o lanterna do grupo B da competição.
Fonte: GE