ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Corinthians encaminha renovação com a Positivo e deve ter novos patrocinadores em 2019



Confiante no acerto com um patrocinador máster para 2019, o Corinthians também trabalha para vender as outras propriedades do uniforme.

Neste sentido, o clube tem encaminhada a renovação de contrato com a Positivo, fabricante de equipamentos eletrônicos, que estampa sua marca nas costas da camisa. Por outro lado, outros patrocinadores devem deixar o uniforme do Timão.

Veja abaixo o status de cada um dos contratos:

Universidade Brasil: parceira do Corinthians desde 2017, ocupa o ombro da camisa e tem contrato com até o meio de 2020.

PES: a marca do jogo de videogame ocupará a barra da camisa corintiana até o meio do ano.

Minds Idiomas: negocia para renovar o contrato de patrocínio, que acaba no fim do ano. Marca fica na barra da manga do uniforme.

Agibank: contrato está prestes a acabar e não será renovado.

Ultra energéticos: empresa deixará de exibir sua marca no calção do Corinthians, mas o clube já tem acordo encaminhado com outra empresa.

Foxlux: não deve renovar o contrato e deixará de estampar a barra traseira da camisa corintiana.


Camisa do Corinthians terá novos patrocinadores em 2019 

De acordo com dados apresentados no Conselho Deliberativo, o Corinthians estima fechar 2018 com R$ 18 milhões em patrocínio (sem considerar o contrato com a Nike).

– Do que a gente tem de dinheiro hoje, é certeza que já temos para o ano que vem – afirma Caio Campos, superintendente de marketing do Timão, que diz que o clube conseguiu renegociar alguns contratos por valor superior ao que recebia anteriormente.

Campos adota discurso otimista quando o assunto é patrocínio máster.

– Fechar o patrocínio máster é o mais importante, a gente espera dar essa boa notícia ao torcedor em breve [...] Nós vamos fechar, estamos negociando, tem boas empresas, que acreditam no nosso relacionamento. Tenho certeza que alguns desses negócios sairão. Quando? Não sei, não posso falar – explica o executivo, que completa:

– A gente vem negociando com essas possíveis patrocinadoras há dois meses. A negociação está nos finalmentes. Acredito que é possível durar mais um mês ou dois. Não quero criar falsa expectativa para o torcedor, mas o otimismo eu tenho.
Fonte:GE