CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Encerramento do projeto de literatura nas escolas belo-jardinenses



Doze instituições e aproximadamente 500 alunos de escolas públicas de Belo Jardim, no Agreste Pernambucano, foram alcançados pelo projeto Jardins da Literatura. Como resultado dessa iniciativa, os trabalhos desenvolvidos pelos estudantes nas oficinas. 

De acordo com o idealizador e produtor do projeto, o poeta e músico David Henrique, a tarde será festiva para o encerramento desse itinerário de literatura. Por isso, a programação conta com a mostra de vídeo-poemas, o lançamento do livro com as melhores poesias produzidas pelos alunos e um sarau.

“Além do encerramento, teremos ainda a exposição dos trabalhos produzidos pelos alunos ao longo dessas três semanas de projeto. Durante os dias 27, 28, 29 e 30 de novembro.


No decorrer do projeto, os alunos puderam submergir no universo da literatura através de três oficinas distintas: Escrita Criativa, Declamação e Vídeo-poemas. Segundo a estudante do terceiro ano da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM), Rayanne Soares (16), as oficinas se tornaram uma oportunidade para que ela pudesse entender melhor essas áreas.

Ainda de acordo com a estudante, que teve o seu texto selecionado para compor o livro final do projeto, o trabalho desenvolvido na oficina de Escrita Criativa consegue aumentar a capacidade de interpretação e expressão.

“Achei de grande importância a iniciativa, porque é nítido​ o quanto as escolas são carentes de projetos como esse, criados por pessoas com experiências e confiança pra tratar do assunto”, finaliza Rayanne.

Para o idealizador David Henrique, o Projeto Jardins da Literatura conseguiu alcançar os objetivos nesse primeiro ano de execução. “Com as oficinas e o trabalho de toda equipe conseguimos plantar uma semente de formação para um público leitor e/ou apreciador de arte e cultura. Vamos agora trabalhar para que esse projeto cresça e se desenvolva cada vez mais no decorrer das próximas edições”, afirma.


Além dos 500 alunos que participaram das oficinas, David conta que ao todo o número foi ainda maior. “Contando a programação infantil, a circulação nas escolas de oficinas e as mesas redondas na Faculdade de Belo Jardim (FBJ), foram mais de 3 mil pessoas inspiradas pela literatura.”

“Jardins da Literatura” é um projeto idealizado pelo belo-jardinense David Henrique e é a primeira iniciativa formada apenas por profissionais de Belo Jardim.