CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Deyverson faz dois gols no Grêmio e mantém o Palmeiras na liderança isolada do Brasileirão



Com dois gols de Deyverson, o Palmeiras venceu o Grêmio por 2 a 0 na tarde deste domingo, no Pacaembu, e se manteve na liderança isolada do Campeonato Brasileiro. A vantagem do Verdão após a 29ª rodada continua sendo de três pontos sobre o Internacional, que venceu o São Paulo por 3 a 1 no Beira-Rio. O Tricolor gaúcho também não saiu do lugar: é o quinto colocado, mas agora a oito pontos do primeiro. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão. ABAIXO, assista aos melhores momentos:

Deyverson dedicou os dois gols que fez no Pacaembu a Nickollas, torcedor do Palmeiras de 11 anos, deficiente visual, que ficou conhecido por ter os jogos narrados por sua mãe na arena palmeirense – relembre a história aqui.

– Ele é um anjo que não vê, mas sente. Fico emocionado, sou um ser humano. É um menino que nos motiva por vir ao estádio. Parabéns para a mãe dele também – explicou o atacante, que chegou a sete gols no Brasileirão.

O Palmeiras não perde no Brasileirão desde a 15ª rodada, em 25 de julho, quando tomou 1 a 0 do Fluminense no Maracanã. De lá para cá, são 14 jogos de invencibilidade – 13 deles sob o comando de Felipão. Já o Grêmio de Renato Gaúcho acumulou o segundo jogo sem vitória depois de uma sequência de três triunfos na competição nacional.

PRIMEIRO TEMPO
Dudu foi o principal nome do Palmeiras, que dominou as ações no primeiro tempo. Detalhe: em jogadas rápidas e verticais, já que foi o Grêmio quem mais ficou com a bola (61%). Enquanto os visitantes a tocavam de lado, quase sempre sem objetividade, o time mandante criava os lances de perigo – foram cinco finalizações contra uma. Aos 7 minutos, Dudu cruzou para Deyverson abrir o placar em dividida com Marcelo Oliveira. O único lance tricolor na frente aconteceu aos 15, em cabeçada de Pepê. Aos 26, quase saiu o segundo gol alviverde: Dudu recuperou a bola com um carrinho dentro da área e rolou para Bruno Henrique chutar; Cícero tirou a bola quase em cima da linha.

O segundo tempo seguiu igual ao primeiro: o Grêmio manteve a bola nos pés e trocou muitos passes, enquanto o Palmeiras puxou contra-ataques e foi efetivo. Aos 7 minutos, Bressan puxou Dudu dentro da área, mas o juiz não marcou o pênalti. O goleiro Paulo Victor teve trabalho em chute do mesmo Dudu aos 24 e evitou o segundo gol, mas nada pode fazer aos 33: após bola lançada da defesa, Bressan cortou mal, escorregou, e Deyverson fez o seu segundo gols. O Tricolor continou com bem mais posse de bola (63%), mas atrás nas finalizações – Verdão 7 a 3.
Fonte:GE