CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Bolsonaro faz 1ª reunião com equipe para discutir indicações de ministros



O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), saiu de casa na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, para participar de uma reunião em que devem ser discutidos nomes para integrar o ministério de seu governo.

A reunião é na casa do empresário Paulo Marinho, aliado de Bolsonaro desde o início da campanha. Além do presidente eleito, participam do encontro o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), provável ministro da Casa Civil do novo governo, e Paulo Guedes, já anunciado por Bolsonaro como ministro da Economia.

Na entrada da casa de Bolsonaro, Gustavo Bebianno, dirigente do PSL, falou com a imprensa. Uma jornalista perguntou sobre os nomes definidos para os ministérios.

Bebianno respondeu: "Em torno de 15, mais ou menos. Já temos alguns nomes. Mas isso o presidente vai anunciar".

Outra repórter pede a confirmação: "São 15 nomes ou 15 ministérios?" O dirigente respondeu: "São mais ou menos 15 ministérios. Os nomes que a gente já tem é mais ou menos metade disso daí."

Durante a campanha, Bolsonaro disse que seu governo teria no máximo 15 ministérios.

Questionado sobre a reunião, Bebianno disse que vai ser discutido o desenho do novo governo. "Estamos estudando alguns nomes para o ministério, a composição da equipe que vai trabalhar dentro do Palácio", afirmou. "A prioridade é a conclusão da montagem da equipe", concluiu Bebianno.

Provável ministro da Casa Civil

Na porta da casa de Bolsonaro, Onyx falou rapidamente com a imprensa. Disse que iria discutir com Bolsonaro o início da transição na Presidência.

"Nós vamos começar a transição, ou seja, ele vai nos dar as principais orientações. E nós vamos começar a trabalhar. Vou para Brasília amanhã. Já tenho aqui uma série de informações para ele, e ele então hoje vai nos orientar de como é que inicia o contato com o atual governo. Nós já vamos levar amanhã alguns nomes para que sejam constituídos, porque há um prazo para que seja publicado, para que segunda-feira, aí sim, a todo vapor, a gente comece a a transição de fato", afirmou.

Questionado sobre nomes de futuros ministros, Onyx disse que só sairão em dezembro. Quem é o núcleo do presidente eleito
Fonte;G1