CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Preocupados com cenário, técnicos organizam debate sobre futebol de Pernambuco


Santa Cruz e Náutico eliminados na Série C, Sport vivendo uma intensa turbulência na Série A e com os três representantes eliminados na primeira fase da Série D, o futebol pernambucano vive o pior momento desde 2003, quando o calendário nacional foi dividido nos moldes atuais. Tentando melhorar o cenário, os técnicos Roberto Fernandes, que comandou o Tricolor na Série C, e Dado Cavalcanti, que estava no Paysandu, decidiriam criar um seminário para buscar caminhos visando a melhoria do esporte local. 

Previsto para acontecer em outubro, o evento deve contar com a participação de Náutico, Sport e Santa Cruz, além dos clubes do interior, técnicos, empresários, jornalistas e gestores. Roberto Fernandes acredita que o debate ajudará no fortalecimento do futebol local. 

"A ideia desse seminário é justamente promover um debate sobre o nosso momento atual. Tivemos dois clubes eliminados na Série C, um que não vive bom momento na A e precisamos melhorar esse cenário, pois temos um público que consome muito futebol." 

Como o intuito é fazer um evento que, de fato, traga algumas possibilidades para clubes e Federação Pernambucana de Futebol, o evento será restrito para pessoas convidadas, sem cobrança de ingresso. Na avaliação de Dado Cavalcanti, a opção por esse formato otimiza o evento. 

"Esse evento é uma forma de buscarmos alternativas para nosso esporte. Então, não fazia sentido abrir muito. Melhor focar nas pessoas que fazem parte da comunidade do futebol. Serão quatro temas divididos em mesas e nesse cenário nós buscaremos caminhos." 

Além dos representantes do futebol local, a ideia do projeto é trazer convidados que trabalham no futebol nacional para que exemplos adotados em outros estados possam ser encorpados em Pernambuco.
Fonte: GE