CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Ex-mulher de Bolsonaro diz que mentiu em processo



Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher de Jair Bolsonaro, falou com a imprensa na manhã deste sábado, em uma manifestação em Itatiaia, no Sul Fluminense, a favor do candidato à presidência. Ela usava uma camiseta com os dizeres "Mulher inteligente vota em Bolsonaro para presidente". Ana Cristina afirmou que mentiu no processo de separação de Bolsonaro, no qual afirmou que ele possuía imóveis não declarados e renda de cerca de R$ 100 mil.

A gente fala besteira. Todo mundo que se casa não quer se separar. E quando se separa, há mágoas. Então a gente dá, como ele mesmo disse, umas cotoveladas. Foi isso que aconteceu. Não existiu nada daquilo — afirmou.

Ana Cristina também negou que Bolsonaro fosse agressivo e afirmou nunca ter relatado ao Itamaraty que sofreu ameaça de morte do ex-marido, o que a teria levado a se mudar para a Noruega.

— Eu não disse nada ao Itamaraty. Nunca conversei com cônsul ou vice-consul. Eu não falei com ele — alegou.

A ex-mulher de Bolsonaro também negou que o candidato à presidência tenha sido responsável pelo sumiço das joias que mantinha num cofre do Banco do Brasil.

PUBLICIDADE

Diante de mais questionamentos por parte de jornalistas a respeito das declarações feitas por ela durante o processo de separação, Ana Cristina se esquivou, e disse não ter mais nada a falar.

— O que tinha que ser dito, já foi dito.

Ana é candidata a deputada federal pelo Podemos e utiliza o sobrenome do ex-marido na campanha, concorrendo como Cristina Bolsonaro.
Fonte: O Globo