CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Arcoverde começa a receber água do Rio São Francisco pela Adutora do Moxotó


As águas da transposição do rio São Francisco chegaram em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, um dos 10 municípios beneficiados pela obra da Adutora do Moxotó. 

A água está chegando em regime de pré-operação e, em breve, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) deverá anunciar as melhorias no abastecimento de água do município. 

Segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, a estação de tratamento de água de Arcoverde está recebendo 140 litros de água por segundo. “Essa fase de testes prosseguirá nos próximos 30 dias, até a regularização operacional do novo sistema”, explicou. 

A Adutora do Moxotó foi interligada à Adutora do Agreste para dar funcionalidade ao empreendimento mesmo sem a construção do Ramal do Agreste. Espera-se que 400 mil moradores de Pernambuco sejam beneficiados. 

A captação da água da transposição do rio São Francisco ocorre na Barragem do Moxotó, localizada no distrito de Rio da Barra, em Sertânia. O ponto de encontro das duas adutoras (Moxotó e Agreste) ocorre na Estação de Tratamento de Água de Arcoverde. 

Desse ponto de junção, a água percorrerá 130 quilômetros, passando pelos municípios de Pesqueira, Venturosa, Pedra, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Bento do Una, até chegar a São Caetano, no Agreste.
 Fonte: G1 Caruaru