CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Humberto diz que retirada da candidatura de Marília tem apoio de Lula



Defensor da aliança com o PSB, que rifou Marília Arraes da disputa ao Governo de Pernambuco, o senador Humberto Costa (PT) foi recebido com algumas vaias no encontro de delegados do partido realizado no Recife na tarde desta quinta-feira (2). O petista disse que o apoio ao PSB e a retirada de Marília da disputa pelo governo teve o apoio do ex-presidente Lula que está preso em Curitiba.

Ao ser perguntado se houve alguma orientação de Lula pela aliança entre PT e PSB, e consequentemente a retirada da candidatura de Marília Arraes, o parlamentar foi direto. “Você acredita que exista alguma coisa que seja aprovada no PT que não tenha o apoio e o conhecimento de Lula?”, afirmou, dando a entender que Lula deu o aval para que o partido apoiasse Paulo Câmara e rifasse Marília em Pernambuco.

Quando recebeu a notícia da decisão da Executiva Nacional do partido, a vereadora Marília Arraes afirmou que a decisão não representava a vontade do ex-presidente Lula. Perguntada sobre se de fato a orientação nacional do PT tinha o apoio de Lula, Marília brincou. “Aí você tem que perguntar a ele”, e emendou. “O recado que eu recebi de Lula foi pra a gente tocar a campanha que se ele estivesse aqui ele estaria na campanha da gente”, disse.

Na tarde desta quinta-feira (2), a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, a senadora disse que é ruim para o PT estadual não ter Marília candidata mas que a direção de Pernambuco estava consciente da possibilidade. “É claro que é ruim para a gente no ponto de vista regional e de Pernambuco abrir mão de uma candidatura como a de Marília, mas desde o início os companheiros de Pernambuco e do PT, a companheira Marília, sabiam de nossa movimentação e dessa nossa conversação. Em nenhum momento fizemos qualquer movimentação que não fosse clara e aberta”, afirmou.

No encontro desta tarde, além de ser vaiado, um grupo de apoiadores de Marília se reuniu para protestar contra o senador Humberto Costa com gritos e “golpista”.
Fonte: Blog do Jamildo