CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

SE LIGA NAS MAROCAS 2018

Melhor em campo, Pickford exalta torcida inglesa e diz: "Podemos criar nossa própria história"



O goleiro Jordan Pickford foi um dos grandes responsáveis pela vitória da Inglaterra por 2 a 0 sobre a Suécia, neste sábado, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Com belas defesas, ele foi considerado o melhor do confronto em votação da Fifa (CLIQUE AQUI para ver as notas dos jogadores).

Após a classificação às semifinais, o jogador fez questão de exaltar os torcedores ingleses que compareceram no estádio de Samara e comentou sobre o momento histórico que vive a Seleção.

– Os torcedores ingleses têm uma classe diferente. Nós realmente gostamos de vê-los cantando, e, quando eles estão assim, isso nos deixa muito relaxados – afirmou Pickford à BBC, antes de emendar:

– Acho que a última vez que a Inglaterra esteve na semifinal foi em 1990 e eu ainda não era nascido. Podemos criar nossa própria história, mas agora tudo depende de descanso e recuperação.

A seleção da Inglaterra havia chegado a esta fase apenas em 1966, quando venceu o torneio em casa, e 1990, quando caiu para a Alemanha, que viria a ser a vencedora do torneio.

– É uma grande conquista para a equipe. Nós devíamos aos fãs, porque vimos como eles estão nos apoiando – comentou Dele Alli, que marcou o segundo gol da vitória inglesa.

Embora tenha balançado as redes e garantido o resultado, o meia acredita que essa não tenha sido sua melhor partida com a camisa do English Team.

– É sempre bom marcar, especialmente em uma ocasião como essa, mas pessoalmente não achei que fosse um dos meus melhores jogos. Foi importante acreditarmos em nosso plano de jogo, dominando a posse de bola. Era importante que nos mantivéssemos no que estávamos fazendo e mudássemos a bola rapidamente – disse Dele Alli.

A Inglaterra agora aguarda o vencedor do duelo entre Rússia e Croácia para conhecer o seu adversário na próxima fase do Mundial da Rússia. A semifinal será disputada na quarta-feira, em Moscou. França e Bélgica duelam na terça-feira, em São Petersburgo, pela outra vaga na decisão.

Leia a entrevista coletiva do goleiro Pickford:

Até onde pode ir a inglaterra:

– Sempre sabíamos que teríamos que jogar muito bem, nos manter juntos. Se ficarmos juntos, vamos controlar o jogo no campo, por isso conseguimos o 2 a 0, não tomamos gol, trabalhamos duro como um time.

Estragou piada com goleiros ingleses ruins:

– Trabalho duro todo dia, nos treinos, por isso saí sem tomar gols hoje. Todas as defesas que faço no treino tenho conseguido levar pro campo. Eu tenho conseguido mostrar meu trabalho no treino e no dia do jogo e manter um alto nível de performance.

Comparação com grandes goleiros ingleses que nunca chegaram em uma semi:

– É bom, me ajuda a ter boas defesas. O futebol é isso, estar em grandes lugares e jogos. Nunca me coloquei em pressão, vivi o momento. Me sinto bem, nada me assusta, só quero jogar bem. Os campos são sempre iguais, são as mesmas linhas, mesma altura do gol, só quero jogar meu melhor.

Sentia pressão sobre a inglaterra depois do jogo contra a Colômbia?

– Sempre gostei do meu futebol, treino duro na academia e no campo. Minhas performances nos dias de jogo tem me animado. Críticas não me afetam, só me fazem querer ficar melhor.
Fonte:GE