CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Geração 2018 supera a de 98: Croácia passa pela Inglaterra e decide a Copa com a França



JOGO DE XADREZ
A cada fase que a Croácia avançava nesta Copa, a pergunta se repetia: vai superar a geração de 1998, que chegou ao terceiro lugar na Copa da França? Nesta quarta-feira, a resposta veio. Com uma vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, após a terceira prorrogação seguida, a seleção xadrez desta vez não precisou dos pênaltis para se classificar para a primeira final da sua história - Mandukic fez o gol da virada no começo do segundo tempo da prorrogação. Trippier abriu o placar de falta no primeiro tempo, mas Perisic igualou no segundo. Agora, a Croácia vai enfrentar a França, domingo, na grande decisão, tentando evitar o bicampeonato do adversário, e buscando colocar mais um campeão inédito na galeria das Copas. O duelo terá sabor de revanche: foi diante dos franceses que os croatas caíram nas semifinais de 98.

PERSONAGEM INUSITADO
O fotógrafo salvadorenho Yuri Cortez, da agência francesa AFP, foi "atropelado" pelos atletas na beira do gramado após o gol de Mandzukic. Acabou tirando fotos de um ângulo bem exclusivo da festa.


IT IS NOT COMING HOME
À Inglaterra resta lamentar a eliminação, com o artilheiro Harry Kane passando em branco em mais um jogo. A defesa bobeou no gol de Mandzukic, que apareceu livre entre dois zagueiros ingleses. A torcida, que cantou durante toda a Copa do Mundo "It is coming home" pelas ruas de Moscou, vai ter que esperar mais um ciclo de quatro anos para tentar disputar uma final - a única foi em casa, na Copa de 1996, no seu único título mundial. E disputar a amarga decisão do terceiro lugar. Aliás, o cantor Mick Jagger, do Rolling Stones, estava lá torcendo pelo English Team. Significa algo?

ANOTE AÍ
Os horários das decisões do título e do terceiro lugar serão diferentes. No sábado, às 11h (de Brasília), em São Petersburgo, o Bélgica e Inglaterra jogam para decidir quem fica com o simbólico bronze. E no domingo, ao meio-dia, no mesmo Estádio Olímpico Lujnik desta semifinal, França e Croácia decidem quem fica com o título da 21ª Copa do Mundo.


GOL DE TRIPPER
A Inglaterra não precisou esperar muito para abrir o placar e sentir o gostinho da final. Aos quatro minutos de jogo, Lingard tocou para Dele Alli, que foi derrubado por Modric na entrada da área. A Croácia colocou quase todo o time na barreira, mas o lateral-direito Trippier cobrou com precisão no ângulo esquerdo de Subasic, que saiu um pouco atrasado no lance.

NÃO ERA DIA DE KANE
O artilheiro da Copa do Mundo até que tentou deixar a sua marca na semifinal. Mas assim como nas quartas, não conseguiu balançar as redes. Aos 21 do primeiro tempo, Sterling tocou nas costas da zaga para o camisa 9 dominar e bater na saída de Subasic - desperdiçando a finalização. Mas o árbitro marcou impedimento. Pouco depois, em lance semelhante, ele perdeu duas vezes seguidas, uma delas defendida pelo goleiro croata. E de novo, acusaram posição irregular.


RUSSOS DE MAL COM O VIDA
Protagonista do polêmico vídeo que exaltou a Ucrânia após a Croácia eliminar a Rússia, o zagueiro Vida não foi poupado pelos russos. A partir da metade final do primeiro tempo, cada vez que tocava na bola, ouvia uma forte vaia das arquibancadas. Nitidamente, dava para perceber que a manifestação não vinha da grande concentração de ingleses atrás de um dos gols.

O GOLPE DE PERISIC
A Croácia voltou mais ligada do intervalo, e o atacante Perisic já chegou com perigo aos 19, batendo forte da entrada da área para a defesa interceptar. Mas três minutos depois, após cruzamento de Vrsaljko pela direita, o camisa 4 se antecipou a dois ingleses e, esticando o pé, chegou antes de Walker e empatou o jogo. O jogador da Inter de Milão ainda teve a oportunidade de virar aos 25, mas acabou acertando o travessão. Pickford defendeu o rebote de Rebic em seguida.


PICKFORD BRILHANDO DE NOVO
A Croácia cresceu no jogo, e foi a vez de o goleiro inglês se destacar. Aos 36, a zaga inglesa vacilou feio. Trippier fez um recuo errado, que por pouco não foi recuperado por Rebic. Walker deu a bola para Pickford, que chutou de qualquer jeito. No minuto seguinte, Mandzukic recebeu por cima dos zagueiros, emendou um belo chute no alto, e de novo Pickford fez grande defesa.

LÁ E CÁ NA PRORROGAÇÃO
Na terceira prorrogação croata e segunda inglesa, mais emoção. Aos oito minutos, o lateral-direito Vrsaljko, que chegou a ser anunciado como desfalque na Croácia, com uma cabeçada em cima da linha do gol evitou o que poderia ser o desempate em um belo cabeceio de Stones. Em seguida, foi a vez do goleiro inglês salvar a pátria da Rainha. Após cruzamento de Perisic, Mandzukic chegou para finalizar, mas Pickford se antecipou e fez linda defesa com a perna.


SUPERMARIO E O GOL HISTÓRICO
Quis o destino que o veterano atacante Mario Mandzukic, de 32 anos, fizesse o gol para entrar na história, jnustamente no momento em que todos em campo se mostravam muito cansados. No segundo minuto do segundo tempo extra, Pivaric cruzou da esquerda, mas a zaga inglesa afastou de qualquer jeito. A sobra ficou com Rakitic, que cabeceou para a área, pegou a defesa de surpresa e encontrou Mandzukic livre, cara a cara com Pickford. Ele chutou cruzado para o fundo das redes. E para escrever uma nova história na Copa do Mundo.
Fonte:GE