CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Prefeitura suspende aulas em Taquaritinga do Norte, PE, por 'falta generalizada de combustíveis'




Secretaria Municipal de Educação decidiu suspender aulas da quinta (24) e sexta-feira (25).

A Prefeitura de Taquaritinga do Norte, no Agreste de Pernambuco, decidiu suspender as aulas da Rede Municipal de Ensino na quinta (24) e sexta-feira (25). A decisão foi tomada devido a "falta generalizada de combustíveis" nos postos.

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que nos próximos dias ficará inviável a movimentação da frota escolar, principalmente pela falta de óleo diesel.


Confira a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura diante da greve dos caminhoneiros que acarretou a falta generalizada de combustíveis nos postos, principalmente o óleo diesel, suspende as aulas da Rede Municipal nos dias 24 e 25 de maio de 2018, pela inviabilidade de movimentar a frota escolar.

Informamos que os dias parados em conseqüência da crise serão compensados conforme orientação da SEDUC.

Protestos de caminhoneiros
A categoria realiza protestos na região desde a segunda-feira (21). Já foram registradas manifestações em Caruaru, Garanhuns, Toritama e Belo Jardim, no Agreste, e Floresta e Serra Talhada, no Sertão.

Frota de ônibus diminuiu
Em Caruaru, os ônibus das linhas urbanas vão circular com frota reduzida a partir desta quarta. A informação foi divulgada pela Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru (AETPC).

De acordo com a AETPC, a redução será feita devido à paralisação dos caminhoneiros que realizam o abastecimento de óleo diesel.
Petrobras reduz preços.

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (23) novo reajuste no preço dos combustíveis nas refinarias. O preço do litro da gasolina baixou 0,62%, passando de R$ 2,0433 para R$ 2,0306. Já o do diesel caiu 1,14%, de R$ 2,3351 para 2,3083.

Na véspera, a estatal já tinha reduzido os preços, depois de sucessivas altas que geraram protestos de caminhoneiros e discussões entre a petroleira e o governo. Os cortes foram motivados pela queda da cotação do dólar, segundo o presidente da Petrobras, Pedro Parente. Fonte: G1