CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

CLICK NA TV SE LIGA E ASSISTA

Governo de PE garante 100% da frota de ônibus no horário de pico e aulas nas escolas estaduais


 

Com a chegada, até a tarde deste domingo (27), de 43 caminhões-tanque com mais de 700 mil litros de combustíveis para manter os serviços essenciais do estado, o governador Paulo Câmara garantiu 100% da frota de ônibus circulando no horário de pico, das 5h às 8h, na segunda (28). Nessa data, também está garantido o funcionamento de todas as escolas da rede estadual de ensino e dos hospitais públicos no estado, apesar dos efeitos causados pela greve dos caminhoneiros.

Além do sistema de transporte de passageiros, também foram beneficiados com a chegada de gasolina e diesel a Polícia Militar, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e as ambulâncias de hospitais estaduais. A Defesa Civil e a coleta de lixo do Recife também estão abastecidos, segundo a administração estadual.

O anúncio foi feito pelo governo do estado, neste domingo (27), depois de reuniões do Comitê de Monitoramento de Crise no Palácio do Campo das Princesas. Na ocasião, foram debatidas medidas para garantir o abastecimento de combustível e o desbloqueio das estradas.

“Mostramos tudo o que nós estamos fazendo para evitar que haja paralisação dos serviços oferecidos à população nesse período da greve dos caminhoneiros. O transporte público vai funcionar em sua totalidade, as escolas vão estar abertas, os hospitais estão funcionando 100%", afirmou o governador.

"Temos a certeza de que vamos ter condições de normalizar os serviços ao longo da semana”, complementou Paulo Câmara.


O governador afirmou, ainda, que as usinas estão autorizadas a atuarem como distribuidoras de álcool. Isso faz com que o etanol chegue aos postos de combustíveis sem ter de passar pelas transportadoras do Porto de Suape, no Grande Recife, contribuindo para regularizar parte do abastecimento na Região Metropolitana.

Além do governador e dos secretários estaduais, a reunião contou com a presença do prefeito do Recife, Geraldo Júlio; do presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, desembargador Adalberto de Oliveira Melo; e de representantes do Ministério Público Federal e de Pernambuco.

Através de uma parceria com o governo estadual, estão mantidos na capital a coleta de lixo e o funcionamento do Samu, das escolas e das creches municipais, que receberam merenda e água mineral.

Desbloqueio das rodovias
Outro ponto discutido no Comitê de Monitoramento de Crise foi a liberação dos pontos de bloqueio parciais nas rodovias federais e estaduais em Pernambuco. O governo afirmou que começa a agir no desbloqueio na segunda (28) e que pode utilizar força na ação, caso seja necessário.

A operação deve contar também com o apoio do Exército Brasileiro, que participa das ações de escolta de caminhões-tanque em Suape, desde sábado (26). Segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal, divulgado às 22h dessa data, há 22 pontos de bloqueio parcial nas BRs em Pernambuco, onde conseguem passar carros de passeio, veículos de emergência, ônibus e motocicletas. (Veja vídeo acima)

“A partir do momento em que nós garantimos toda a questão de segurança pública, de saúde, de transporte coletivo funcionando, nós vamos trabalhar efetivamente agora para o desbloqueio de nossas rodovias", afirmou Paulo Câmara.


Ainda neste domingo (27), o governo se reúne com o Comando Militar do Nordeste para discutir as ações de liberação das rodovias. "Nós já solicitamos ao Exército Brasileiro que nos informe como eles vão operar, que nós queremos participar também. Mas independente da ação do Exército, nós vamos ter que agir”, ressaltou o governador.

Questionado sobre o uso de força na liberação das rodovias, Paulo Câmara afirmou que pode ser empregado durante a operação. "Evidentemente que o diálogo está mantido, como sempre esteve. E vamos continuar abertos ao diálogo. Agora, caso seja necessário, todas as medidas vão ser tomadas para que haja o desbloqueio das estradas no nosso estado”, disse.

Na sexta (25), uma liminar da Justiça Federal de Pernambuco determinou a reintegração de posse das rodovias federais.

Na manhã deste domingo (27), depois de dois dias sem combustível, o Aeroporto do Recife saiu da lista de terminais aéreos desabastecidos no país. A chegada de 10 caminhões-tanque com querosene de aviação permitiu a melhoria na regularização dos voos. Apesar disso, seis partidas foram canceladas neste 7º dia da greve dos caminhoneiros. No sábado (26), outros 13 voos foram cancelados.

Postos do Grande Recife também voltaram a receber combustível neste domingo (27). Durante a manhã, um caminhão-tanque abasteceu com 20 mil litros de gasolina, 5 mil de óleo diesel e 10 mil litros de álcool um posto localizado na Rua Ernesto de Paula Santos, em Boa Viagem, na Zona Sul da capital pernambucana.

No local, havia consumidores esperando há mais de 12 horas na fila e a venda foi limitada a R$ 150 por motorista. O litro da gasolina é vendido por R$ 4,99 e o do álcool a R$ 3,39. Para evitar tumulto e insegurança, a Polícia Militar e seguranças particulares contratados pelo posto fizeram a escolta do caminhão até o estabelecimento.


O posto no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, que chegou a vender o litro da gasolina a R$ 8,99, foi liberado pelo Procon para voltar a funcionar neste domingo (27), após ser interditado por 72 horas e ter recebido uma multa de R$ 500 mil.

Transporte público
Na segunda-feira (28), o Metrô do Recife volta a funcionar em horário normal, das 5h às 23h. Neste domingo (27) e no sábado (26), 50% da frota de ônibus circulou nas ruas da Região Metropolitana, de acordo com o Grande Recife Consórcio de Transporte. Na sexta (25), fora do horário de pico, a porcentagem de ônibus nas ruas era de 30%.

O serviço de transporte intermunicipal no Terminal Integrado de Passageiros (TIP), na Zona Oeste do Recife, funcionou em regime especial neste domingo (27). Viagens em horários com pouco movimento permanecem suspensas desde quinta (24).

A medida visa garantir o combustível necessário para operar nos horários de pico, nos turnos da manhã e da noite. Antes de irem ao TIP, os passageiros devem ligar para as empresas de transporte para consultar se as suas viagens estão mantidas.

Liberação de combustível em Suape
Desde sexta (25) até o início da noite deste domingo (27), mais de 50 caminhões-tanque com combustível saíram do Porto de Suape. Parte da carga foi destinada ao Aeroporto do Recife e outra para garantir os serviços essenciais, através do abastecimento de ambulâncias, viaturas da polícia e caminhões de coleta de lixo. Alguns postos na Região Metropolitana também foram abastecidos.

Além disso, nove caminhões-tanque vazios saíram de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, na tarde deste domingo (27), para buscar combustível no Porto de Suape, também visando manter serviços essenciais para a população. Os veículos, dirigidos por caminhoneiros autônomos convocados por empresas distribuidoras, receberam escolta policial durante o trajeto.

Educação
Até sexta-feira (25), na rede estadual de ensino, 688 escolas tiveram funcionamento normal (65%), 222 escolas funcionaram parcialmente (21%) devido à falta de professores e de estudantes e 144 escolas foram abertas, mas não funcionaram (14%). A suspensão do transporte escolar em vários municípios prejudicou a presença de estudantes da zona rural no interior do estado.

Situação de emergência
O desabastecimento de combustível levou Pernambuco a decretar situação de emergência. O decreto assinado na sexta (25) foi publicado na edição de sábado (26) do Diário Oficial do Estado. Algumas cidades da Região Metropolitana do Recife, como Jaboatão dos Guararapes e Olinda, também fizeram o mesmo para conseguir manter os serviços essenciais para a população. 
Fonte:G1