CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

CLICK NA TV SE LIGA E ASSISTA

Filho matou o pai em Belo Jardim por desavença familiar, diz delegado



A Motivação
A motivação para o assassinato de José Wellington de Oliveira Mergulhão de 59 anos que era residente na fazenda Espírito Santo na cidade de Tacaimbó, Agreste de Pernambuco, foi uma desavença familiar de acordo com o delegado João Carlos responsável pela investigação. A irmã da vítima em entrevista a uma TV local relatou que o filho queria um carro no valor de 300 mil e o pai teria negado.

O Cortejo  e Sepultamento
O velório ocorre no calçadão no centro da cidade de Belo Jardim, o cortejo e sepultamento será realizado às 16h, deste sábado (12/05) a família aguarda a chegada de irmãos da vítima para a última despedida.

Entenda o Caso
Nesta última quinta-feira (10/05), por volta das 15:00, o efetivo do 15° BPM, recebeu informações através da central de operações do batalhão que havia ocorrido uma tentativa de homicídio na Av. Deputado José Mendonça, antiga Av. Siqueira Campos, centro da cidade de Belo Jardim.

Segundo as informações coletadas a vítima, após ser atingida por disparos de arma de fogo na região craniana, agonizava no local e que 02 pessoas do sexo masculino, praticaram o delito e fugiram em um prisma branco sentido BR 232.

De imediato foi solicitado o cerco em toda a área, sendo realizado incursões por viaturas com sentido aos municípios de Pesqueira, São Bento do Una e São Caetano.

Desta feita, o efetivo da Patrulha Rural realizou diligência de São Bento do Una com sentido a Belo Jardim, onde ao chegar nas proximidades do Sítio Máxima, espaço rural de São Bento do Una, no KM 09 da PE 180, se depararam com os envolvidos 01 e 02, que fugiam em um veículo marca GM modelo PRISMA de cor branca e placa PZT-8128.

Diante da situação foi realizada a competente abordagem pessoal nos suspeitos onde nada foi encontrado, não obstante, no interior do veículo prisma, foi apreendida a arma do crime, um revólver Calibre 38, cano 5 polegadas, com 4 munição intactas e duas deflagradas bem como uma certa quantidade do entorpecente conhecido popularmente como maconha.

Depois da prisão, os militares tomaram conhecimento que a vítima foi socorrida, porém, não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito no caminho ao hospital. 

Após conversa com os facínoras, autores do bárbaro crime de morte, os milicianos tomaram conhecimento que o envolvido 02 (ALAN), foi o autor dos disparos que ceifou a vida da vítima e que o envolvido 01 (WELINGTON) é filho legítimo da vítima que era empresário e proprietário da GRANJA AVÍCOLA MERGULHÃO, situada na BR 232 KM 165, município de Tacaimbó-PE.

Os acusados não informaram o motivo do crime e os materiais apreendidos foram conduzidos e apresentados à DP de Belo Jardim, a fim de serem tomadas as medidas cabíveis pela autoridade policial. Os acusados foram autuados em flagrante delito por homicídio, porte ilegal de arma de fogo e posse de entorpecentes. Os dois acusados serão apresentados posteriormente em Audiência de Custódia. Estão presos no presídio Alberto Duque na cidade de Pesqueira.

Os Assassinos
IMPUTADO 01: Welington de Lima Mergulhão, 30 anos de idade, residente Rua Manoel da Mata Sá, n° 265, bairro Jardim 9 de Julho, São Mateus-SP.


IMPUTADO 02: Alan Pereira da Silva, 26 anos de idade, residente na Rua Sebastião de Mendonça, n° 175 A, Bairro Jardim 09 de Julho, São Mateus-SP