CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Exército chega ao Porto de Suape para garantir liberação de caminhões com combustível



O Exército Brasileiro chegou ao Porto de Suape, no Grande Recife, às 15h15 deste sábado (26), para viabilizar a liberação de caminhões-tanque com combustível para o Aeroporto do Recife. Os veículos foram impedidos de sair do local por conta do protesto dos caminhoneiros, que chega ao 6º dia, provocando desde cancelamento de voos no Aeroporto do Recife à redução pela metade da frota de ônibus em circulação na Região Metropolitana.

Apesar de a Justiça Federal ter emitido uma liminar garantindo o fornecimento de combustível ao Aeroporto do Recife, 10 caminhões-tanque com querosene de aviação permanecem no local desde quarta (23). A empresa transportadora disse não ter motoristas para fazer o transporte, pois caminhoneiros se recusaram a dirigir os veículos. A utilização de forças armadas no desbloqueio das rodovias foi autorizada por decreto publicado no Diário Oficial da União da sexta (25).

De acordo com o porta-voz do Comando Militar do Nordeste (CMN), Coronel Marcos Antônio, o Exército colocou seu efetivo à disposição para ações de logística e segurança de comboios em atendimento a uma solicitação feita pelo governo de Pernambuco, mas o número de soldados e viaturas utilizados no serviço não foi informado.

Por meio de nota, o CMN informou que passa a atuar no estado coordenando ações com as forças de segurança federais e estaduais, buscando reestabelecer itens básicos, como combustível, alimentos e medicamentos, além na normatização dos transportes públicos, sem a geração de conflitos. Segundo o Exército, a ação acontece após o exaustiva tentativa de negociação para o fim da crise e visando a prevalência do bem-estar social sobre os interesses pontuais de categorias.

Escolta policial
No fim da tarde deste sábado, um comboio com 10 caminhões-tanques com combustível foi liberado do Porto de Suape, sob escolta de cerca de 50 viaturas da Polícia Militar de Pernambuco e dois ônibus do Batalhão de Choque. O destino desse combustível não foi informado.

Entre a noite da sexta (25) e a madrugada deste sábado (26), foram liberados 19 caminhões-tanque com combustíveis, destinados à garantia dos serviços essenciais do estado. O desabastecimento de combustível levou Pernambuco a decretar situação de emergência. Algumas cidades da Região Metropolitana do Recife também fizeram o mesmo.

Sem combustível
Há poucos postos com combustível na Região Metropolitana do Recife e os estabelecimentos que ainda têm álcool e gasolina para vender registram uma fila imensa. No Bairro de Jardim Atlântico, em Olinda, a fila deu a volta no quarteirão.

Procurado pela reportagem, o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis-PE) informou que não fez e nem fará balanço sobre postos de combustíveis fechados no estado. Segundo o sindicato, em Pernambuco, há 1.550 postos, sendo 400 no Grande Recife. 

Bloqueios
Segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado às 11h deste sábado, há 21 pontos de bloqueio parcial nas rodovias federais em Pernambuco. No Grande Recife, os caminhoneiros protestam em Igarassu (quilômetro 44 da BR-101), em Jaboatão dos Guararapes (quilômetro 82 da BR-101) e no distrito Bonança (quilômetro 35 da BR-232).

Na Zona da Mata, as interdições acontecem em Paudalho (quilômetro 83 da BR-408). Nesses locais, os manifestantes permitem apenas a passagem de veículos de passeio e de emergência, ônibus e motocicletas. 

Transtornos
Neste sábado (26), foram cancelados 13 voos que partiriam do Aeroporto do Recife, na Zona Sul da cidade. Sem combustível, as aeronaves que tiverem o aeroporto da capital pernambucana como destino só estão autorizados a pousar, caso tenham combustível para seguir seu próximo trecho previsto.

A recomendação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é que de os passageiros com voos marcados para os próximos dias consultem as empresas aéreas antes de se deslocarem para os aeroportos. 

Além disso, a frota de ônibus na Região Metropolitana foi reduzida em 50% e o Metrô do Recife diminuiu o horário de funcionamento neste fim de semana. O sistema opera das 6h às 22h. Os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) a diesel não funcionam até a segunda (28).

O Terminal Integrado de Passageiros (TIP), na Zona Oeste do Recife, informou que o serviço de transporte intermunicipal funciona em regime especial neste sábado (26). Viagens em horários com pouco movimento permanecem suspensas desde quinta (24).

A medida visa garantir o combustível necessário para operar nos horários de pico, nos turnos da manhã e da noite. A recomendação é de que os passageiros liguem para as empresas de transporte para consultar se as viagens estão mantidas antes de irem ao TIP.
Fonte:G1