CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

CLIP GOSPEL

Apesar do desabastecimento de combustível, governo de PE diz que serviços essenciais estão mantidos


Apesar do desabastecimento de combustível causado pela greve nacional dos caminhoneiros, que chegou ao 4º dia nesta quinta (24), o governo de Pernambuco informou que não estão previstos cortes nos serviços essenciais à população do estado, como nas áreas de segurança, saúde e transporte. A administração estadual criou um Comitê de Monitoramento de Crise para lidar com os efeitos da mobilização, iniciada na segunda (21). 

Após a reunião do Comitê realizada no Centro do Recife, na tarde desta quinta (24), o secretário da Casa Civil, André Campos, afirmou que um esquema de abastecimento foi montado para manter os serviços funcionando. 

"A mobilização dos caminhoneiros é nacional e não existe nenhum item que diga respeito aos estados, mas sim ao governo federal. A preocupação do governo do estado é saúde, polícia e transporte, e isso vai ser mantido de qualquer forma. Pode haver dificuldades, mas esses serviços serão mantidos a qualquer custo. Não se deve dizer muito como vai atuar a logística, mas a população pode ficar tranquila", disse. 

Sobre a frota de carros utilizada pelas polícias, pelos bombeiros e pelas unidades de saúde em Pernambuco, o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, descartou a possibilidade de falta de combustíveis para os serviços essenciais. 

"O combustível está no Porto de Suape. Já existe o plano para que trabalhemos com postos de combustíveis que estão fazendo o abastecimento de nossas viaturas. Isso será mantido, enquanto durar o movimento", afirmou.
Fonte: G1 PE