CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

SE LIGA NAS MAROCAS 2018

Vaticano: Papa Francisco critica políticas laborais que criam «novos excluídos»




Cidade do Vaticano, 06 abr 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco critica as políticas laborais e a “economia de exclusão”, num vídeo divulgado hoje, em que apresenta a sua intenção de oração para o mês de abril a todos os católicos.

“A economia não pode pretender apenas aumentar a rentabilidade, reduzindo o mercado de trabalho e criando assim novos excluídos”, refere, na intervenção difundida através do projeto ‘O Vídeo do Papa’.

Francisco convida a “levantar a voz juntos” para que os responsáveis pelo planeamento e gestão da Economia “tenham a coragem de rejeitar uma economia de exclusão e saibam abrir novos caminhos”.

O Papa sustenta que a Economia “deve seguir o caminho dos empresários, políticos, pensadores e agentes sociais que colocam em primeiro lugar a pessoa humana e fazem todos os possíveis para assegurar que haja oportunidades de trabalho digno.

Francisco reitera o que escreveu na Exortação Apostólica ‘Evangelii Gaudium’ contra uma ‘Economia da Exclusão’.

“Assim como o mandamento «não matar» põe um limite claro para assegurar o valor da vida humana, assim também hoje devemos dizer «não a uma economia da exclusão e da desigualdade social». Esta economia mata”, pode ler-se no documento programático do atual pontificado.

O ‘Vídeo do Papa’ é uma iniciativa global do Apostolado da Oração (AO), da Companhia de Jesus.

De acordo com este organismo, estima-se que façam parte da Rede Mundial de Oração do Papa mais de 30 milhões de pessoas, em dez idiomas.

O Vídeo do Papa, que conta com o apoio da Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal, é produzido pela La Machi – Comunicação para Boas Causas, com o apoio da Companhia de Jesus, IndigoMusic, GettyImagesLatam, Doppler Email Marketing e a colaboração do portal multimédia do Vaticano. Fonte: Vaticano Online