CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Grupo lança "vaquinha virtual" para turbinar obras do CT do Santa Cruz



O povão coral é chamado à luta mais uma vez. Com a intenção de finalizar o primeiro campo do centro de treinamento Ninho das Cobras, um grupo de torcedores lançou, nesta terça-feira, o site Tricolores do CT. No espaço, os tricolores podem participar com contribuições a partir de R$ 10. O dinheiro vai ser utilizado na compra do gramado do terreno. Nessa parte do projeto - com perspectiva de expansão -, o alvo é a arrecadação de R$ 100 mil. A ideia segue a linha da "Camisa 12", promoção criada por fãs corais para contratar o volante Carlinhos Paraíba.

Um dos organizadores do Tricolores do CT, Bruno Melo valeu-se da experiência adquirida em outras ações pró-Ninho das Cobras para dar um passo além. Em grupos de conversa, no ano passado, reuniu apaixonados pelo Santa Cruz para fazer as obras andarem. Até agora, foram compradas 115 caçambas de areia e 18 de brita para turbinar as ações no local. Com necessidades maiores, ao lado de outros quatro amigos (Yury Amorimi, Saulo Cunha, Hugo Ferreira e Rafael Monteiro), resolveu profissionalizar a coisa.

Tudo começou nos grupos de bate papo. A ideia, quando nos reunimos e convidamos outros torcedores, era comprar dois caminhões de brita. E viraram 18. Depois conseguimos 19 caçambas de areia. Tudo para movimentar as obras do primeiro campo. Seguimos entre nós. Então, criamos o site da melhor maneira para podermos ir além e comprar a grama.

No site, confeccionado e hospedado pela ServHost - cujo dono também é torcedor do Santa Cruz -, tem explanações gerais do projeto, com plano de fundo o desenho arquitetônico do Ninho das Cobras. Os alvos, a atualização automática da arrecadação e a prestação de contas dos gastos - assim como o termômetro das metas - encontram-se no espaço. A questão da transparência foi a principal preocupação do grupo de Bruno Melo ao lançar o Tricolores do CT.

Entramos no projeto com esse cuidado de prestar contas. Em tudo que for gasto o dinheiro vamos mostrar as notas fiscais no site. O torcedor pode acompanhar. Não fosse assim, não queria botar para frente. No próprio grupo da torcida já fazemos isso. E torna o projeto ainda mais atrativo para quem participa.

Com a curta verba do clube, Bruno Melo só vê uma saída rápida para a construção do CT Ninho das Cobras com o apoio do torcedor. E o projeto é 100% feito por torcedores. O Santa Cruz entra com informações sobre valores das obras, entre outras consultas referentes ao assunto, como a liberação da licença da marca. Sem atropelar as fases, Bruno acredita no sucesso da empreitada. E vislumbra, assim que os R$ 100 mil forem atingidos, novos objetivos.

A história conta que, sempre que o torcedor é chamado para essas ações, as coisas dão certo. Eu acredito que vai dar certo. Não vamos atropelar as coisas. Mas a verdade é que já conseguimos 115 caçambas de areia entre amigos e conhecidos. Para você ver a força. Então, vamos lutar pelos três campos. Fonte:GEPE