CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

TV BOA ESPERANÇA

SE LIGA NAS MAROCAS 2018

Dom Fernando convida cristãos a terem coragem para fazer o bem


O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, conclamou, nesta manhã, os católicos a aplicarem mais amor na rotina diária e a terem coragem de fazer o bem, principalmente para as pessoas que estão desesperadas, precisando "ressucitar" para uma vida nova. Neste domingo de Páscoa, quando os cristãos celebram a ressurreição de Jesus Cristo, o líder religioso celebrou a Missa da Ressurreição na Catedral da Sé, às 9h, e deve presidir uma outra missa, às 19h, em Itapissuma, na Matriz de São Gonçalo do Amarante. 

"A palavra que deve repercutir na nossa vida e nos nossos corações nesta Páscoa é exatamente essa, o amor. É aquilo que o evangelho procura passar para todos nós. Somente assim, viveremos como irmãos. O cristão está sempre correndo risco. Isso faz parte da vida cristã. Porque a igreja está marcada pelo sangue dos mártires. Temos que viver a palavra de Deus, não importam as consequências. O que importa sim é termos coragem profética de anunciar a palavra, fazer o bem e evangelizar. Não podemos cruzar os braços, nós temos que seguir levando a palavra de Deus para quem está desesperado, morto, sepultado, precisando ressucitar para uma vida nova", disse dom Fernando. 
 
Logo mais, às 16h, está prevista a Caminhada da Ressurreição, promovida pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Beberibe, no Recife. Sairá da Matriz às 16h e finaliza com a celebração da Missa de Páscoa. Na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, no bairro do Pina, também na capital, há celebrações ainda às 12h e às 18h. 
 
Segundo os cristãos, o domingo de Ramos, no último dia 25, deu início à Semana Santa, que termina neste domingo. É a principal festa do ano litúrgico, pois nela se celebra a vitória de Jesus Cristo sobre o pecado e a morte. A celebração da Páscoa é vista como oportunidade de transformação, verdadeira conversão. É um convite à renovação dos compromissos com Cristo e com os irmãos, fundamentados no amor de Jesus entregue na cruz pela humanidade e em sua vitória sobre a morte. Fonte: Diário de Pernambuco