CRIMES

[Crimes][grids]

NOTÍCIAS

[Notícias][stack]

POLÍTICA

[Política][grids]

ESPORTE

[Sportes][stack]

Se Liga Fest

[SE LIGA FEST][grids]

RELIGIÃO

[Religião][grids]

CIDADES

[Cidades][stack]

CULTURA

[Cultura][grids]

SE LIGA NO CLIP GOSPEL

TV BOA ESPERANÇA

Arte sacra tem registro em catálogo do Maspe




Publicação apresenta mais de duzentas peças do museu

Antecipando as comemorações do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe), que comemora 41 anos no próximo dia 11, ocorreu na noite desta terça-feira (3) o lançamento do primeiro catálogo com parte do seu acervo permanente, que conta com 1.246 peças catalogadas. A publicação, organizada pelo diretor do museu, padre Rinaldo Pereira, e pelos historiadores Iron Mendes de Araújo Jr. e Anazuleide Ferreira, destaca obras dos séculos 17 ao 20, em diversas tipologias e estilos, como o barroco e o rococó.

De acordo com o padre Rinaldo, há planos para uma continuação do catálogo com as obras de arte popular religiosa, que ficaram de fora. "O acervo do Maspe é composto por arte sacra e arte popular religiosa. Escolhemos o acervo de arte sacra, por já ultrapassar duzentas peças, senão teríamos que fazer um catálogo maior do que o esperado", explica.

Para Iron Mendes de Araújo Jr., o livro tem como objetivo resgatar parte da identidade cultural. "O catálogo apresenta a importância do cristianismo, do catolicismo e da contribuição que a religião católica tem para o desenvolvimento da arte em nosso país. A ideia é que novos catálogos surjam e que novas peças sejam agregadas, transmitindo a beleza da arte sacra pernambucana e brasileira de uma forma geral", diz Iron.

As imagens foram feitas sob a ótica do fotógrafo Drailton Gomes. "A fotografia está sendo muito colocada, de modo particular, na igreja, como uma forma de educação religiosa e cultural. Essa é uma grande proposta do museu, levar a cultura sacra para as pessoas, tornando as obras mais acessíveis", conta Drailton. A historiadora do Maspe, Anazuleide Ferreira, contou que o processo de construção do catálogo durou um ano e meio. "Foi um trabalho minucioso, no qual selecionamos as obras pelo estado de conservação, pela importância do material, pela idade e por grupos de santos homens, santas mulheres, toda a arte representativa de Cristo, anjos e arcanjos", diz Anazuleide.

O livro tem apoio cultural da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e estará disponível a partir de hoje, por R$ 80, no Museu de Arte Sacra de Pernambuco, na Igreja Madre de Deus e na Igreja de São Pedro. A renda será revertida para restaurar as peças do museu que estão mais deterioradas.
Fonte: G1